sábado, 19 de julho de 2014

Assim Serão as Naves Espaciais em 100 Anos: A Estética de Viagens Espaciais em Sistemas Vivos


Para atravessar as enormes distâncias do cosmos, as naves espaciais deverão ser convertidas em verdadeiras cápsulas da vida, sistemas vivos capazes de criar um ecossistema para seus tripulantes.

O projeto Icarus Interstellar, dirigido por uma equipe global de cientistas deseja conseguir, para o ano de 2100, viajar para fora do Sistema Solar em um veículo tripulado. Para fazê-lo, é preciso resolver o problema de como criar um sistema ambiental artificial capaz de suportar a vida indefinidamente.

Segundo Rachel Armstrong, líder do Projeto Persefone, "a ideia é desenhar de baixo para cima: primeiro seria preciso criar um ecossistema que possa ser sustentado em um espaço particular e daí, ir construindo a nave interestelar."

As ideias vão além da antecedente Biosfera 2, ou de simplesmente reproduzir um planeta Terra; "É necessário re-conceptualizar nossa relação com a ecologia".

Enquanto temos apenas estes desenhos que nos fazem pensar em moléculas gigantes flutuando no espaço, animais astrais ou máquinas orgânicas, pelo menos damos voo a nossa imaginação estética.

Naves imaginadas pelo projeto Icarus Interestellar
De certa forma é necessário imaginar as naves do futuro como máquinas orgânicas ou animais astrais.
Dentro do Icarus Interstellar, o Projeto Persefone tenta desenhar ecossistemas-astronaves.



Fonte