terça-feira, 5 de agosto de 2014

5000 Esculturas de Gelo Derretendo para Lembrar as Vítimas da Primeira Guerra Mundial

Na semana passada, nós publicamos um comovente memorial em homenagem ao soldados da Primeira Guerra Mundial, mas agora, um artista criou uma instalação de arte que também lembra das mortes de civis, muitas vezes esquecidos durante "A Grande Guerra".

O escultor brasileiro Nele Azevedo instalou 5.000 figuras de gelo sobre os degraus de Chamberlain Square, em Birmingham, Reino Unido, para lembrar os homens e mulheres perdidos durante a Primeira Guerra Mundial, incluindo civis.

As figuras fantasmagóricas derretendo, colocadas por voluntários, criou uma imagem verdadeiramente assombrosa que parecia escorrer um rastro de sangue pelos degraus.
"Eu queria romper com as características tradicionais de um monumento", disse Azevedo ao Birmingham Mail. "Minhas esculturas lembram as pessoas que não são lembradas por outros monumentos."













Fonte Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário