terça-feira, 19 de agosto de 2014

A Cidade Fantasma Francesa Abandonada há 40 Anos

Fora do norte de Paris, sob a trajectória de voo do aeroporto Charles de Gaulle, estão os restos fantasmagóricos de uma pequena cidade francesa - Goussainville-Vieux Pays.

Andando pelas ruas, qualquer um fica impressionado com a atmosfera pós-apocalíptica da mesma, o sentimento surrealista de estar em uma cidade tão totalmente deserta, mas ainda assim cheia de vestígios de vida humana.

Goussainville-Vieux Pays foi uma vez um cartão postal da cidade perfeita, mas menos de um ano antes do aeroporto ser inaugurado em 1974 um avião se chocou contra o local durante o Paris Air Show, destruindo várias casas e matando seis tripulantes e oito moradores.


A destruição fez com que muitas pessoas da cidade, a evacuassem imediatamente, com os outros seguindo ao longo do ano seguinte junto ao som do tráfego aéreo do aeroporto e a tristeza pela devastação da sua cidade. Agora apenas alguns moradores permanecem.


Ainda há uma série de casas em mau estado de conservação, que às vezes são difíceis de distinguir daquelas ainda ocupadas pelos poucos moradores teimosos. Muitas com portões enferrujados e caindo as persianas, portas descascando, apenas pedindo para serem abertas. Algumas vivenciaram incêndios, com andares inteiros colapsados, deixando apenas o esqueleto da construção para trás.


Outras ainda estão cheias de pertences dos moradores que partiram e que foram incapazes de levar com eles. Em algumas casas, parecia que foram desocupadas ontem mesmo, com gavetas de escrivaninhas abertas, livros espalhados pelo chão e caves com garrafas de vinho.

O castelo em Goussainville-Vieux Pays
Ao longo dos anos, parece que posseiros passaram a viver no lugar, como é evidente pelos colchões eventualmente encontrados, os sinais habituais de grafite, assim como pelas garrafas quebradas. Apesar disso, a cidade mantém uma bela atmosfera.


Isso é ainda mais evidente no castelo, agora quase totalmente em ruínas. É possível ficar na borda do piso térreo e ver as entranhas de todo o edifício, o porão e os andares superiores.

Enquanto que 40 anos se passaram desde a queda do avião, ainda não foi feita qualquer tentativa para recuperar o lugar, mas devido a sua proximidade com Paris, significa que é apenas uma questão de tempo até que seja renovado.







Fonte Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário