quinta-feira, 21 de agosto de 2014

As Pontes Mais Arrepiantes Do Vietnã

A ponte Ben Go, que cruza o rio Ha Thanh Binh na região de Nhon Binh, cidade de Quy Nhon, província central de Binh Dinh, Vietnã, se encontra uma das pontes mais perigosas do país.

Esta ponte, com cerca de 100 m de comprimento, 1,5 m de largura, é feita de pedaços de bambu, que estão ligados uns aos outros por arames e até por câmaras de pneus de bicicleta.
A ponte serve aproximadamente 1.000 famílias. Todos os dias, em horários de pico, as pessoas precisam estar em fila, esperando para atravessar a ponte.
Durante à noite, sem iluminação pública, o risco de acidentes é alto. Na estação chuvosa, ninguém se atreve a atravessá-la.
Muitos acidentes ocorreram com ambos, condutores e veículos, caindo no rio. Alguns morreram.
Metade da ponte fica submersa quando o nível da água sobe.


Mr. Le Duy Trinh, Vice-Presidente da Comuna Phuoc Thuan, diz que o governo local não pode se dar ao luxo de construir uma nova ponte.


Na comuna Hoa Le, Distrito de Bong Krong da província do Planalto Central de Dak Lak, as pessoas têm de atravessar o rio Krong Ana através de um cabo.

Na sexta-feira, dia 15 de agosto de 2014, uma mulher de 56 anos caiu no rio durante a travessia e ficou ferida. Foto: A vítima no hospital.
O local onde aconteceu o acidente.
Há dois anos, o cabo quebrou, ferindo um homem.
Milhares de pessoas usam o cabo para atravessar o rio todos os dias e acidentes podem ocorrer a qualquer momento.




A ponte suspensa que atravessa o rio Re na Comuna de Ba Xa Distrito de Ba To, na província central de Quang Ngai, é chamada de "armadilha da morte".

Ao longo dos anos, centenas de pessoas na aldeia de Goi Re tiveram que usar a ponte para ir ao mercado e escola.
A ponte suspensa tem aproximadamente 50 m de comprimento e 15 metros de altura. Ela é feita de tábuas e cabos de aço.
Moradores locais disseram que muitas pessoas têm caído no rio, mas felizmente não houve vítimas.
O governo local proibiu as pessoas de usar a ponte na estação chuvosa.







As pessoas na aldeia Mai Chau, da Comuna Dai Mach, Distrito de Dong Anh, Hanoi, também atravessam o Rio Vermelho por um cabo.










Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário