segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Champagne Pool na Nova Zelândia

Champagne Pool é uma fonte termal localizada na área geotérmica de Waiotapu na Ilha Norte da Nova Zelândia. O nome "Piscina Champagne" é derivado do efluxo constante de gás de dióxido de carbono, semelhante a um copo de champanhe borbulhante.

As cores vibrantes vêm de um rico depósito de minerais e silicato. As estruturas de silicato em torno da borda da piscina estão repletos de vida microbiana.

A fonte de água quente foi formada há 900 anos por uma erupção hidrotermal, resultando em uma cratera de 65 m de diâmetro e 62 m de profundidade. Águas coloridas se infiltram do subsolo cheio de dióxido de carbono que formam bolhas perto da superfície, onde a temperatura da água é de 74 ° C.

Nas bordas das piscinas a sílica é delineada com laranja brilhante de ricos depósitos de antimônio que solidificam fora da água. Mercúrio, tálio, ouro e prata também são depositados nas rochas.

O excesso do fluxo d'água de Champagne Pool, alimenta outra piscina geotérmica chamada de "paleta do artista", que é de cor amarela por causa de depósitos de enxofre. De lá, a água flui sobre planos de lama de sílica para terraços formando depósitos de belas e frágeis esculturas naturais de sílica.








Fonte