segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Curionautas Doodles #03 - Qual é a lei de trânsito mais absurda?

* Essa postagem trás os Doodles, que são as mini-postagens com curiosidades que publicamos no Facebook



É verdade que crescem mais as unhas quando vamos à praia?

Alguns dizem isso, mas não há provas científicas que esclareçam todas as dúvidas, entre os que trataram do assunto destaca o médico William Bennet Bean, quem estudou o crescimento d

as suas próprias unhas durante 30 anos e chegou à conclusão de que, nem as estações, nem as localizações geográficas influenciam.

Embora outros cientistas assinalam que os climas quente fomentam o crescimento. Talvez o calor e a alimentação mais comum no verão sim, possam produzir unhas mais longas.

Via: en.wikipedia


É verdade que existem sexadores de peixes?

Como costuma ocorrer, a diferença de sexo implica uma variação no tamanho.

Por exemplo, as fêmeas de robalo (Dicentrarchus labrax ) são 35 por cento maiores que os machos. Daí a importância de diferenciar bem o sexo do peixe nas explorações de piscicultura.

É verdade que uma pessoa pode ser encarregada de discriminar ambos sexos, mas a eficácia das técnicas de manipulação genética e das máquinas é mais prometedora.


Está proibido exportar lixo?

Não, mas está regulamentado pela convenção de Basiléia, que se ocupa de resíduos perigosos. Esse conceito aumentou desde a sua assinatura e na prática, impede a exportação de lixo porque nele pode haver todo tipo de elementos.

Além de que quase qualquer lixo industrial é suscetível de causar um dano ecológico se não devidamente reciclado ou eliminado. Mas há países como o Reino Unido, que recentemente surpreendeu ao serem descobertos exportando grandes pacotes sob o pretexto de que são "combustíveis para incineradores".

O perigo reside em caso de chegarem a países onde não são processados corretamente. Uma simples tampinha de garrafa pode demorar 30 anos para se desintegrar na natureza.


Como sabem de quais flores as abelhas coletaram o mel?

Fernando de Miguel, presidente da Associação de Apicultores de Málaga, conta que: "As abelhas, ao posarem na flor para coletar o néctar, se impregnam também de pólen e ambos acabam misturados depois no futuro mel. Mais tarde, no laboratório, são contadas as proporção de grãos de pólen de cada flor na amostra". E assim se sabe se é mel de lavanda, de alecrim, de laranjeira...


Qual é a lei de trânsito mais absurda?

Há várias muito estranhas, ou simplesmente doidas em todo o mundo. O curioso é que muitas estão em diferentes estados dos EUA. Por exemplo, no Alabama, o código de trânsito proíbe dirigir com os olhos vendados.

Na Flórida, se ao circular com um elefante em via pública, é obrigatório pagar o parquímetro ao descer dele. Cuspir pela janela está proibido na Georgia, caso circule em carro ou em ônibus; mas se for caminhoneiro, pode fazê-lo tranquilamente.

Na Califórnia é proibido dirigir vestindo roupão. Na Grécia é preciso dirigir asseado. Por sua vez, no Reino Unido, há a menção de que ninguém está autorizado a manipular o carro de outro assento que não seja o do motorista.

Via: dumblaws.


Existem radares de velocidade em pistas de esqui?

Sim. A primeira estação foi a de Grindelwald, nos Alpes suíços. Ali foram instalados radares para evitar que os esquiadores superem os 30 km/h, já que se trata de um local de recreação e não de competição.

Quanto aos profissionais, o recorde atual é do italiano Simone Origone, que em 2006 conseguiu alcançar os 251,4 km/h, e de quebra, se converteu no humano que mais rápido a se moveu sem motor, inclusive mais rápido do que paraquedistas.

Isso se deve a que ele precisamente se dedica ao esqui de velocidade. Nessa modalidade, o esquiador desce em linha reta pela neve e não é raro que cheguem aos 200 km/h em muitos pontos.

Via: simoneorigone.it


O que pensa uma pessoa surda de nascimento?

É praticamente impossível sabê-lo, porque quase ninguém nasce assim. A maioria é capaz de perceber um certo nível de sons ou vibrações através da pele, dos músculos e ossos...

Mas sim sabemos que no cérebro funciona um tipo de simbolismo mais para concreto do que para abstrato, dado que o processo de abstração é secundário à aprendizagem e ao uso da linguagem oral.

A britânica Evelyn Glennie, completamente surda desde os doze anos de idade, é uma virtuosa percussionista e toca descalça para perceber através do piso, as vibrações geradas pelo resto da orquestra.