quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Curionautas Doodles #21

* Essa postagem trás os Doodles, que são as mini-postagens com curiosidades que publicamos no Facebook




É verdade que existe um jogador de futebol profissional que pesa mais de 100 quilos?

Sim, seu nome é Adebayo Akinfenwa e joga no AFC Wimbledon na Football League Two, da terceira divisão inglesa. Joga como atacante e tem já 32 anos, ainda que seu caso não tenha aparecido nos meios de comunicação até há pouco tempo, quando disputou um amistoso contra o Chelsea de José Mourinho.

O jogador de origem nigeriana chamou a atenção de todo mundo graças ao seu perfil mais próprio de jogador de futebol americano, já que pesa 101 quilos e não se move com muita agilidade pelo campo de futebol. No entanto Akinfenwa é um marcador de gols, pois já somam mais de 130 em sua carreira em mais de uma dúzia de clubes em que esteve. De fato, ele ri dos que lhe criticam e inclusive lançou uma marca de roupa com sua apelido: "The beast".





É possível ser um atleta e bater recordes com 95 anos?

Sim. A demonstração é da canadense Olga Kotelko, uma idosa de 95 anos que acumula mais de 30 recordes mundiais e 750 medalhas de ouro em diferentes disciplinas atléticas desde que começou a competir aos 77 anos de idade.

"A idade é só um número, o mais importante é atitude para as coisas que acontecem" afirma esta peculiar atleta, quem se criou no campo junto a seus 9 irmãos, todos eles já falecidos.

Sua experiência é uma boa demonstração de que o estilo de vida que levamos influi decisivamente em nossa expectativa de vida, já que algumas investigações afirmam que os genes unicamente influem em 25% de nossa saúde, ficando o 75% restante para o estilo de vida que levamos.

Por isso é recomendado estar rodeado de um bom grupo de amigos, seguir hábitos de vida saudáveis, praticar esporte e ter sempre uma mentalidade positiva para enfrentar o dia-a-dia. Aspectos todos eles que Olga cumpriu a risca e que a ajudaram a convertê-la em um exemplo de superação.

Via: en.wikipedia.org




No que consistiu a catástrofe área de Munique do ano de 1958?

A catástrofe área de Munique de 1958 constitui por si só de uma das páginas negras da história do futebol europeu. No dia 6 de fevereiro daquele ano um avião AS-57 transladava a equipe do Manchester United de volta à casa depois de ganhar um jogo da Copa da Europa em Belgrado ante a Estrela Vermelha.

O aparelho teve que fazer uma parada técnica no aeroporto de Munique (Alemanha) para abastecer combustível, mas uma tempestade de neve impediu que o avião decolasse depois de duas tentativas. Foi na terceira quando o veículo saiu de pista, chocou contra uma casa próxima e se partiu em dois. Morreram 38 passageiros e seis tripulantes, a maioria deles situados na traseira do aeroplano.

Faleceram um total de oito jogadores do prometedor Manchester United: Geoff Bent, Eddie Colmam, Mark Jones, David Pegg, Tommy Taylor, Liam Whelan e o capitão Roger Byrne; além de Duncan Edwards depois de vários dias de agonia. Também morreu o secretário do clube, Walter Crickmer e os técnicos Bert Whalley e Tom Curry. O treinador Matt Busby conseguiu sobreviver, mas esteve hospitalizado várias semanas na Alemanha.

Entre os sobreviventes estavam dois jogadores que seriam anos depois, lendas do futebol britânico: Bobby Charlton e Bill Foulkes. A investigação concluiu que a lama presente na pista foi a culpada da tragédia. Hoje em dia, em honra aos falecidos, há um monumento no estádio de Old Trafford, pois o acidente acabou de forma abrupta com os sonhos dos 'Busby Babes', uma equipe que estava desafiada a competir contra o Real Madrid pela hegemonia europeia.

Via: en.wikipedia.org



Qual é o local com menos gravidade da Terra?

A primeira resposta automática a esta pergunta poderia ser o Everest por se tratar do pico mais alto do planeta, mas a verdade é que o ponto com menos gravidade da Terra está a milhares de quilômetros do Himalaia. Em concreto, na Cordilheira dos Andes peruanos.

Nela se destaca o pico Huascarán, o maior do Peru graças aos seus 6.768 metros de altitude. Apenas uma enorme montanha mais se não fosse pelo estudo realizado no verão de 2013 por cientistas da Universidade de Curtin (Austrália), no qual revelou que seu cume é o local com menos gravidade da superfície terrestre graças a sua aceleração gravitacional de 9,7639 metros por segundo ao quadrado.

É preciso levar em conta que no Ártico este valor é de 9,8337, assim que a massa no Huascarán é cerca de um 1% menor que nas proximidades do Pólo Norte.

Via: dailymail.co.uk



Qual é o animal mais triste do mundo?

Arturo é um urso polar que vive no zoológico da localidade argentina de Mendoza. Esta zona se destaca pelas altas temperaturas que experimenta durante o verão, assim que seu habitat não resulta o mais correto para o bem-estar do animal.

De fato, não é preciso mais que conferir a sua imagem para comprovar que o mamífero não é feliz no mencionado recinto e recentemente, foi promovida uma campanha na Internet para conseguir transladar o animal a um zoológico do Canadá que se adapte mais a suas caraterísticas de urso polar.

Até o momento a proposta para "salvar ao animal mais triste do mundo" já conta com mais de 300.000 assinaturas no portal www.change.org. Tal está sendo a força desse movimento popular, que o ex-candidato presidencial republicano dos EUA Newt Gingrich, já se uniu à campanha com um vídeo de 13 segundos em que se vê o animal em uma situação bastante lamentável.

No entanto a primeira em avisar sobre o problema foi a cantora Cher, quem em maio de 2014, acusou a presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner de não "chorar pelo torturado urso polar Arturo".

Acontece que o animal, de 29 anos, teve seu estado de saúde piorado depois da morte há alguns anos de sua parceira Pelusa, se encontrando só agora e em um clima muito afastado das temperaturas inferiores aos 0ºC ao que está acostumada a sua espécie. Por isso milhares de pessoas já solicitaram seu  translado ao Parque Zoológico Assiniboine do Canadá, onde poderia ter uma qualidade de vida muito melhor.





Qual é o país mais corrupto do mundo?

Segundo um relatório publicado em dezembro de 2013 pela ONG alemã "Transparência Internacional'"(TI), o país mais corrupto do mundo é Somália. Esta organização emprega o chamado "Índice de Percepção da Corrução" (CPI), o qual mede em uma escala de 0 (sumamente corrupto) a 100 (muito transparente) as atividades que se realizam dentro de cada país.

Assim, Somália, Coreia do Norte e Afeganistão figuram com só 8 pontos como as nações com mais corrução no mundo, enquanto Dinamarca e Nova Zelândia formamo outro lado da moeda ao serem as mais transparentes com seus 91 pontos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário