quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Curionautas Doodles #27

* Essa postagem trás os Doodles, que são as mini-postagens com curiosidades que publicamos no Facebook





O Torpedo Postal de Richard Pfautz

Este foi um sistema para envio de correio realmente curioso. Lamentavelmente, há pouca informação sobre esse meio de entrega de cartas e por mais que se procure, mal aparecem alguns trechos sobre patentes e notícias na imprensa entre 1931 e 1932, mas sem muitos detalhes.

O certo é que um engenheiro alemão que vivia em Berlim, chamado Richard Pfautz, desenhou na década de 1930, um "torpedo aéreo" projetado para enviar cartas a grande velocidade entre cidades europeias. As fontes dizem que teoricamente, o transportador poderia alcançar os 400 quilômetros por hora.

Parece que foram realizadas provas em circuito fechado para demonstrar o sistema. A ideia era similar a tantas de seu tempo, próxima do conceito de monotrilho. A inovação era que o "torpedo" que levava cartas em seu interior, era propulsado por dois motores elétricos alimentados através da linha que servia de suporte, algo que lembra longinquamente uma linha ferroviária elétrica moderna.

Via: goo.gl/DDFzOl



O duelo de Tycho Brahe

Era moda antigamente resolver problemas, por uma questão de honra, com a realização de duelos em que os envolvido escolhiam as armas e resolviam as suas diferenças, ficando o seu bom nome preservado para a sociedade. Mesmo em caso de morte. Não sendo o caso havia sempre a possibilidade de ficar alguma sequela física de maior ou menor gravidade resultante do enfrentamento. Isso aconteceu ao astrônomo do século XVI, Tycho Brahe, que por causa de uma discussão sobre um cálculo matemático, perdeu o nariz em confronto com um dos seus alunos, tendo usado um nariz postiço de prata até o fim da vida.





Você tem superstições?

Tem gente que não liga mas uma grande porcentagem das pessoas acredita e se sente condicionada por um certo número de crenças que dificilmente consegue superar. Muitas superstições já remontam a tempos longínquos e seguem se mantendo de geração em geração obrigando os mais crédulos, às vezes, a verdadeiros rituais para que as coisas aconteçam ou não. Mas há também aquelas mais simples razões fonéticas. Os japoneses consideram o 4 um número de azar porque a sua pronúncia é idêntica a da palavra morte.




É verdade que as pupilas reagem ao som?

Os nossos olhos são os órgãos mais impressionantes e logicamente, muito importantes de todo o corpo humano. Todos imaginamos o que a nossa vida seria se não conseguíssemos ver. O sistema ocular é extremamente sofisticado com mecanismos reflexos muito rápidos que além de protegerem o órgão das diferentes intensidades luminosas, reagem instintivamente a outros fatores externos. Como no nosso corpo tudo está interligado e em cadeia, a pupila, além da luz, consegue também reagir a pequenos ruídos se dilatando.




Em que lugar no mundo não existem formigas?

Sendo um animal tão minúsculo a formiga consegue ser uma verdadeira praga por funcionar em grupo, principalmente em nossas casas e essencialmente nos meses quentes do ano. O calor e o tempo ameno, encorajam as formigas à exploração de território em busca de comida nos obrigando a estar atentos especialmente no que respeita a alimentos doces. Há porém zonas como a Islândia, Groenlândia e Antártida onde os habitantes não têm que se preocupar pois nesses lugares, elas simplesmente não existem.




Qual a velocidade dos impulsos elétricos que movem nossos músculos?

Tudo o que se passa no nosso corpo resulta de uma perfeita associação bio-eléctrica. Por incrível que pareça é através de descargas elétricas que as células nervosas se comunicam, resultando nas diferentes reações dos órgãos nas diferentes tarefas dentro dos aparelhos respectivos. Tudo seguindo uma harmonia e cadência impressionantes associadas a uma incrível rapidez. A prova é que os impulsos nervosos que estimulam os músculos para o nosso movimento, viajam à velocidade de 390 metros por segundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário