segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Sacerdotes na Índia Quebram Cocos na Cabeça de Devotos em Estranho Ritual de Boa Sorte

Todos os anos, milhares de devotos viajam para uma vila remota no estado indiano ao sul de Tamil Nadu para se colocarem a disposição de um ritual estranho em que eles esperam que traga boa saúde e sucesso. Acredite ou não, os homens, mulheres e até mesmo crianças de livre e expontânea vontade, permitem que sacerdotes esmaguem cocos duros em seus crânios!

Quebrar cocos em uma pedra sagrada como uma oferenda à divindade é uma prática comum nos templos do sul da Índia. Mas quebrá-los na cabeça do próprio indivíduo é muito raro, e visto como uma exibição de extrema devoção. Vários devotos se agacham no chão em uma fila, esperando pacientemente a abordagem dos sacerdotes do templo com um saco de cocos. Um monge mantém as cabeças firmes, enquanto que outro desce o coco sem hesitação. Todo o processo é concluído em questão de minutos.

Alguns devotos podem ser vistos fazendo uma careta de dor quando os cocos vêm caindo sobre suas cabeças. Alguns massageiam o cocuruto, enquanto que outros rapidamente recolhem os pedaços quebrados como oferendas sagradas. Surpreendentemente, há alguns que não se mexem - essas pessoas estão muitas vezes em um estado de meditação profunda - No entanto, uma equipe médica está sempre presente para cuidar de ferimentos graves.

Todos os anos, os médicos alertam aos devotos de que a prática pode ser mortal. "Há uma certa quantidade de tolerância do crânio, além de que causará ferimentos", disse o professor de neurocirurgia Anil Kumar Peethambaran. "Se o coco quebra, a energia é dissipada, mas quando não, isso pode causar danos ao crânio."

Mas os devotos incondicionais não parecem estar preocupados; eles se mantém confiantes de que a divindade irá protegê-los. Apesar das advertências, a prática vem acontecendo regularmente desde o século 19. "Minha família tem vindo aqui por anos", disse um devoto. "Hoje, quatro de nós vieram para o ritual. Os cocos quebraram bem - esperamos que traga sucesso ".

Uma mulher disse que ela não sentiu nada, alegando que era a deusa que a livrou da dor. "Eu tomei parte no evento pela primeira vez", disse ela. "O coco quebrou bem e estou feliz. Um monte de gente na minha família, todos os meus tios e tias têm quebrado cocos. Quatro de nós da família vieram para o ritual e, felizmente, todos os cocos quebraram bem. "


P. Mani, ex-presidente do conselho da aldeia, conta a história de como o ritual, que remonta ao período Colonial da Índia, começou originalmente. "Quando os britânicos estavam tentando projetar uma linha ferroviária de encontro aos desejos dos moradores daqui, eles encontraram grandes pedras como cocos, debaixo da terra", explicou. "Eles sarcasticamente disseram aos aldeões que se pudessem quebrar as pedras com suas cabeças, eles iriam mudar o rumo da linha férrea."

Diz a lenda que os moradores conseguiram quebrar as pedras, e a linha ferroviária foi finalmente alterada. Desde então, o ritual vem sendo realizado no templo local usando cocos, atraindo milhares de devotos todos os anos.


.
Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário