segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Antigo Livro de Cozinha Árabe Revela a Receita mais Eficaz contra a Ressaca

O leitor acorda todo guenzo com aquele sabor de cabo de guarda-chuva na boca? Com aquela dor de cabeça tão terrível que chega a bater um arrependimento por ter bebido na noite anterior? Seu problemas acabaram!

O erudito britânico Nawal Nasrallah fez um presente inestimável aos amantes do álcool, ao traduzir para o inglês o livro de cozinha árabe do século X, que durante séculos guardou a receita mais eficaz contra a ressaca.


Os historiadores afirmam que ''Kitab al-Tabikh'', escrito por  Ibn Sayyar al-Warraq que contém mais de 600 receitas da época do Califado Abássida, muitas das quais são totalmente irreconhecíveis na cozinha moderna do Oriente Médio, é o livro de cozinha árabe mais antigo do mundo.

Segundo informa o jornal Daily Mail, uma das pérolas do livro, que sem dúvida voltará a ganhar popularidade hoje em dia, é o "Kishkiyya". O autor do livro afirma em um poema que acompanha a receita, que após comer este prato iraquiano uma pessoa intoxicada com álcool "fica como nova" e a ressaca não volta mais.


Para fazer a Kishkiyya precisa-se de carne, geralmente de cordeiro, algumas verduras e especiarias como o coentro e o cominho. Tudo é deixado para ferver e depois acrescenta-se o ingrediente principal que cura a ressaca: o ''kashk'', uma combinação de iogurte, leite e soro de leite muito comum na comida iraniana, turca, balcânica e árabe.

De acordo com al-Warraq, o ''kashk'' melhora a digestão e o poder nutritivo, que ajuda a aliviar as ressacas e tira o calor que sofre o intoxicado na cabeça e no estômago.

O livro também aconselha a comer repolho antes de beber, mas se no final se consome álcool em excesso, é necessário tomar água fria à primeira hora da manhã em várias doses pequenas e respirar profundamente entre um gole e outro.

Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário