segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Flores de Cerejeira de Pedra: Uma Maravilha Natural

Na cidade japonesa de Kameoka, que fica sobre as montanhas do oeste da cidade de Kyoto, uma raridade geológica intrigante é encontrada. Se trata de uma pequena pedra em forma de baixo relevo hexagonal de mica muscovita de granulação fina, hospedada em um tipo de rocha metamórfica chamada de Corneana. Quando abertas, suas seções internas parecem com pequenas flores de cor rosa-ouro. Essas formações são chamadas de "pedras de flor de cerejeira", em alusão à flor reverenciada do Japão e um dos ícones mais reconhecidos do país.

"Esses padrões de flores nem sempre eram feitos de mica", explica o Science Alert. "Começaram a sua existência como uma matriz complexa de seis depósitos de cristais em forma de prisma de um composto de magnésio, ferro e alumínio chamado cordierite, irradiando a partir de um único cristal em forma de haltere feito de um composto de magnésio-alumínio-silicato chamado de indialite no centro. "
As flores de cerejeira de pedra são hospedadas em uma matriz corneana, em um contato de granulação fina, com rocha metamórfica formada no subterrâneo, há cerca de 100 milhões de anos pelo intenso calor de lava derretida. As massas em forma de cordierite-indialite hexagonais de baixo relevo em matriz corneana, consistem de sete cristais individuais. No centro de cada massa há um cristal em forma de haltere indialite - muito estreito no centro, e relativamente grande nas extremidades. Em volta do cristal indialite estão seis cristais de cordierite com formato de prisma. São mais largos no centro de cada uma das pedras de flor de cerejeira e mais estreito nas extremidades.

As massas cordierite-indialite foram submetidas a um segundo evento metamórfico quando foram expostas a um tipo de água quente chamada de fluidos hidrotermais. Estes fluidos alteraram a composição química de minerais no interior das pedras de cerejeira, causando a substituição da  mica, na inserção de cordierite-indialite original.

Devido a que precisam passar por dois tipos intensos e muito específicos de metamorfose, a fim de formar as flores de cerejeira de pedra, são extremamente raras e encontrado somente na região central do Japão.

As flores de cerejeira de pedra que foram submetidas a substituição completa de seus minerais internos durante a sua vida geológica, são tão delicadas, que podem ser facilmente quebradas ao meio ou esmagadas entre os dedos. A fim de preservar a beleza de seus delicados padrões de mica, os habitantes locais japoneses as "envernizam" com uma solução diluída de cola de madeira misturada com água para manter tudo no lugar.



Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário