terça-feira, 9 de setembro de 2014

Proibido Viajar ao Pólo Sul!: As Leis mais Assombrosas em Vigor no Japão

Entre as leis mais assombrosas que ainda permanecem em vigor no Japão, figura a que proíbe de viajar ao Pólo Sul sem prévio aviso, assim como outras que estabelecem multas por vomitar em um táxi ou furar uma fila.

Vários países e autonomias têm leis arcaicas que ainda permanecem em vigor, como, por exemplo, a proibição de amarrar um cão a um cavalo ou a obrigação de saudar ao professor. O site Rocketnews24 publicou uma lista de leis assombrosas que ainda existem no Japão. Segundo o site, muitos de nós fizemos algo desta lista sem saber que, ao fazer no Japão, poderíamos ser presos. Estas são a 10 leis mais surpreendentes:

Adoração de culto ou incomodar em funeral

O passatempo preferido de várias igrejas ou seitas religiosas, bem como o comportamento de provocadores ou incômodos em funerais, podem ser considerados como delito e acabar em uma multa de 100.000 ienes (2 mil, 161 Reais) ou em um ano de cadeia.




Proibido insultar à pessoa que não aceite um duelo

Agora a lei se aplica às situações em que alguém insulta a outra pessoa por não aceitar um desafio em que haja perigo às vidas dos participantes. Nesta lei figura a palavra kettou (duelo), originária da época em que os antigos guerreiros se desafiavam a duelos com espadas sob a lua cheia. (No entanto, apesar de figurar isso na lei japonesa atualmente, no dia 30 de dezembro de 1889, no período Meiji, foi promulgada a lei número 34, que proíbe expressamente o duelo em terras nipônicas. NDT.)



Proibido fumar em estações com sinais de "proibido fumar"

Embora cada vez haja menos locais onde se possa fumar em público, ao Japão interessa deixar isso bem claro. De fato, como se não bastasse os sinais de "proibido fumar", nesse país existe uma lei redundante que especifica que uma pessoa não pode acender um cigarro na parte de uma estação de trem onde tenha um sinal de proibido fumar.



Fazer com que alguém beba durante uma festa 

Beber ou não deveria ser uma decisão individual. No entanto, em determinadas circunstâncias, às pessoas que não gostam de álcool se encontram em situações em que se vêem empurradas a tomar um gole. No Japão, aqueles convidados em festas que prefiram estar sóbrios estão protegidos pela lei.




Beber e andar em bicicleta 

Quem viole esta lei provavelmente cairá ou chocará com algum poste de luz antes de encontrar um policial. No entanto, se a polícia japonesa comprove que um ciclista circula em sua bicicleta após se ter bebido, irá lhe impor uma multa de um milhão de ienes (21 mil, 527 Reais).



Escalar postes de cabos 

A polícia japonesa não se importa se uma pessoa escala um poste da fiação elétrica para consertar um cabo ou apenas para tomar uma foto lá de cima, porque em qualquer caso é obrigatório que um tenha a licença de eletricista.  





Receber troco demais sem avisar o vendedor 

Se um japonês levar troco a mais por erro de um vendedor, sua ação é qualificada como delito, embora as multas neste caso não sejam significativas.






Viajar ao Pólo Sul sem informar as autoridades

Viajar ao Pólo Sul sem informar as autoridades pode acarretar uma multa de 500.000 ienes (10 mil, 763 Reais). Desta maneira o estado protege o meio ambiente da Antártida.




Vomitar em um táxi 

Tecnicamente não é um delito, mas sim, uma ''violação do contrato'', segundo formula a lei. Um taxista japonês que leve a um passageiro bêbado ou, simplesmente, enjoado, deverá receber uma compensação caso o passageiro vomite no veículo (Essa compensação varia conforme o "estrago" provocado pelo passageiro. Geralmente entre 10 mil Ienes a 50 mil Ienes ou  de 224 a 1121 Reais. NDT.)



Furar uma fila 

Por fim, parece que há justiça ao menos em uma parte do mundo. A lei estipula que alguém que fure a fila é culpada de "comportamento violento contra grande número de pessoas que estão esperando distribuição de mercadorias, transporte público ou eventos, ou comprando entradas ou bilhetes". O indivíduo que fure uma fila pode ser castigado com multas ou detenção. Lembrem-se desta quando estiverem com pressa ou se encontrem guardando um lugar na fila para alguém no Japão.

Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário