terça-feira, 2 de setembro de 2014

Sam Childers, O Verdadeiro Pastor Metralhadora (Verdadeira História do Filme Redenção)

Como pode um motoqueiro americano pertencente a um grupo com uma vida à margem da lei, se converter da noite para o dia em um reverendo que luta na África contra um dos criminosos mais perigosos para salvar crianças?

Pois a vida de Sam Childers é a resposta.

Joseph Kony é um dos criminosos mais procurados do mundo e líder do LRA, (Exército de Resistência do Senhor ou Lord Resistance Army, em inglês), um dos grupos guerrilheiros paramilitares e religiosos mais antigos da África e mais sanguinários do mundo, que leva mais de 10.000 mortos em 20 anos, e que opera principalmente na fronteira natural que há entre a Uganda, Sudão do sul e o Congo.

Entre as atrocidades desta milícia dirigida por este fanático, esta conseguir que nas aldeias vizinhas mal fiquem crianças, já que sequestra os meninos para aliciá-los no seu exército, que já chegou a superar 50.000 crianças, e às meninas frequentemente sequestradas de escolas, eram convertidas em escravas sexuais.

Joseph Kony
Ninguém se atrevia a enfrentar Kony e seus homens, mas durante os últimos 15 anos, isso mudou graça a uma curiosidade do destino.

Em 1998, um homem chamado Sam Childers, nascido em 1962 em Dakota do Norte, e pertencente a uma quadrilha de motoqueiros que traficava drogas e que havia encarado diversas vezes a justiça, chega por uma espécie de aposta de moto à selva que serve de fronteira entre Sudão, Uganda e o Congo. Na noite em que chegou, comprovou que na zona mal há crianças, e lhe relatam de primeira mão a situação da zona e as atrocidades que Kony fazia com eles.


Essa noite ao deitar-se, Sam não pôde dormir, alterado pelos acontecimentos que o rodeavam, e como ele relataria mais tarde em diversas entrevistas, afirmou escutar uma mensagem de Deus que lhe disse: "Quero que construa um orfanato para as crianças".


Sam regressa a Estados Unidos onde vende todos seus pertences e regressa ao Sudão, à cidade de Nimule, também na fronteira, onde começa a construir o orfanato.

Mas pregar não ia ser a única missão de Sam. Fez contatos com algum dos soldados que pertenciam à "frente de libertação do Sudão", e tomaram uma perigosa decisão que repetiram uma infinidade de vezes, infiltrar-se armados e de noite nas zonas controladas por Kony e sua guerrilha, para resgatar a todas as crianças que encontrassem.

Sam, que ofereceu inúmeras entrevistas para dar a conhecer a situação na zona, sempre contesta quando lhe perguntam por sua luta armada: "Nossa missão é resgatar crianças das zonas afetadas pela guerra não só no Sudão mas também nos países que nos rodeiam. São crianças que sofrem doenças, desnutrição ou crimes de guerra. Não tenho limites quando resgato crianças da guerra."

Vídeo com uma reportagem sobre Sam:
.
Com respeito ao curioso ritual que realiza desde há 15 anos antes de se deitar, e que consta em deixar a Bíblia à direita de seu travesseiro e sua AK-47 no lado esquerdo, ele diz: "Joseph Kony, o líder do LRA, é um terrorista. Temos que fazer todo o que esteja em de nossas mãos para combatê-lo". Sam é conhecido na zona como "Machine Gun Preacher" (reverendo metralhadora), e por seu orfanato passaram mais de 1.200 crianças libertadas, e sua história interessou a Hollywood que culminou em um filme com Gerard Butler (300), fazendo o papel de Sam.




O curioso é que tanto Sam como seu arqui-inimigo Kony, dizem fazer o que fazem por que Deus pediu. Um interessante paradoxo que deverá ter o seu julgamento no além.

Aqui deixo o link para o filme

Fonte Fonte Fonte

7 comentários:

  1. Tá certo se todos se unissem não haveria mais isso, que Deus te abençoe sempre!

    ResponderExcluir
  2. Site oficial da ONG de Sam:
    http://www.machinegunpreacher.org/donate/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc sabe qual o nome da cidade onde a igreja dele fica?

      Excluir