terça-feira, 14 de outubro de 2014

Edible Gold, O Ouro Comestível Utilizado na Culinária

O ouro comestível (edible gold, gold leaf ou Gold flakes), é geralmente usado em chocolates, sobremesas, doces e bebidas e há muitos sites na Internet onde pode ser comprado. Na indústria alimentícia, o ouro comestível é conhecido como o aditivo E175 e não é considerado de jeito nenhum como parte dos requisitos nutricionais dos humanos.

Não é danoso comê-lo, ou ao menos não encontramos um site onde afirmassem o contrário, já que é biologicamente inerte, razão pela qual também há pessoas que pedem ao seu dentista que obture seus dentes com ouro,sem problema algum.

Naturalmente que não é utilizado com muita frequência em comidas e efeitos colaterais não são conhecidos desde que seja utilizado como detalhe. É permitido em todo mundo salvo alguns poucos países (Austrália, para citar um.) O uso do ouro na gastronomia remonta a culturas milenárias que adaptaram seu uso em diferentes preparações.

O ouro é comestível e embora não possa ser considerado como um alimento necessário, os alquimistas afirmavam que a ingestão de ouro era totalmente segura por suas caraterísticas não alérgicas.

O ouro comestível é ouro quase puro, misturado somente com prata, que também é comestível.
É normalmente vendido tanto em folhas como em flocos. Os flocos são mais fáceis de usar se você quiser polvilhar os topos de doces com um brilho de ouro, e também são utilizados para adicionar flutuantes manchas de ouro em bebidas alcoólicas.


Quanto a digestão, parece que os sucos gástricos são capazes de dissolvê-lo, desde quando em pequenas quantidades. Como dado curioso, quanto ao preço, em um site vimos que vendiam um grama por $75.00 dólares (Aprox.187 Reais).

Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário