quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Por Trás da Cortina de Ferro da Coreia do Norte: Conheça a Air Koryo a Única Empresa Aérea de uma Estrela do Mundo

A alfândega deserta do aeroporto, a bagagem sendo pesada à moda antiga e uma cabine de pilotagem sem assistência digital, são apenas alguns dos locais que um fotógrafo da Cingapura registrou com sua câmera depois de voar pela única companhia aérea do mundo de uma estrela.

O fotógrafo Aram Pan ganhou um acesso sem precedentes aos aviões da era soviética que ainda são utilizados pela Coreia do Norte através de uma transportadora civil, a Air Koryo, que transporta pessoas, cargas e helicópteros, depois de participar de uma excursão para os entusiastas da aviação no interior do enclave comunista. Pelas fotos, a companhia, que foi fundada em 1950 como uma parceria norte-coreana-soviética para conectar a capital Pyongyang com Moscou, parece estar presa em um túnel do tempo.

O fotógrafo Aram Pan foi recebido por sorridentes comissárias de bordo da Air Koryo vestidas em trajes azul marinho antes de embarcar em um avião Ilyushin Il-18, um grande avião de turboélice. A aeronave soviética voou pela primeira vez em 1957.
O cockpit do avião Ilyushin Il-18, um grande avião de turboélice que voou pela primeira vez em 1957, está a uma grande distância do digital. Surpreendentemente, o diretor de comunicação de voo aparece para se sentar junto dos passageiros, escutando o controle de tráfego aéreo em um antigo par de fones de ouvido.
Enquanto o Ilyushin Il-18 é conhecido por sua durabilidade, com muitos aviões atingindo mais de 45.000 horas de voo, há um contraste ousado em sua aparência com as das aeronaves modernas.

Dentro do cockpit do Ilyushin Il-18 as coisas parecem muito diferentes dos aviões modernos, não se vê nenhuma tela digital.

A Skytrak, um serviço de revisão de companhias aéreas, avaliou a Air Koryo com uma sombria única estrela, mas concedeu três estrelas para a "preparação do pessoal e apresentação".
E em março de 2006, devido a preocupações com a segurança e manutenção, a Air Koryo foi proibida de voar na União Europeia. Em março de 2010, a companhia aérea foi autorizada a retomar as operações, mas apenas com a sua aeronave TU-204s.

A checagem das bagagens é feita de modo muito mais antiquado no Aeroporto Samjiyon, um aeroporto militar perto do condado de Samjiyon, província de Ryanggang, na Coreia do Norte.
Um vôo da Air Koryo para o aeroporto internacional de Pyongyang Sunan, o principal aeroporto que serve a Coréia do Norte, mostra que está pronta para suprir a demanda. O Sr. Pan voou de Kuala Lumpur a Pyongyang pela Air Koryo em 25 de agosto de 2014.
"No começo eu estava um pouco nervoso sobre o voo," disse o fotógrafo, o Sr. Pan, que estava em sua terceira viagem à Coreia do Norte. No entanto, ele disse após o seu primeiro voo em um avião histórico que "não era de todo assustador".
"Eu estava constantemente olhando à frente para o próximo passeio. Além disso...Haviam 48 outros membros do grupo de passeio e todo mundo era como uma criança em uma loja de doces. Eu não podia estar nervoso com todo mundo tão empolgado.", acrescentou.
O Sr. Pan voou para a Coreia do Norte pela empresa Juche Travel baseada no Reino Unido, que tem agendado passeios de aviação para a Coreia do Norte, nos últimos três anos.
"A Coreia do Norte é agora o único país no mundo onde você pode voar de forma confiável em todos os principais aviões da era soviética em um só lugar", informa o site.

O modernizado Aeroporto Internacional de Pyongyang está quase concluído e parece destinado a abrir em 2015.

Não há espaço suficiente para as pernas? Os assentos no Ilyushin Il-18 se dobram pra frente. Mas o entretenimento é limitado a apenas um canal de novelas norte coreanas e documentários.
Nas fotos reveladoras pelo Sr. Pan, ele mostra a zona aduaneira do aeroporto vazio de Pyongyang, o principal aeroporto que serve a Coréia do Norte, assim como um vislumbre do Aeroporto Internacional renovado que parece pronto para abrir em 2015.
Um novo aeroporto não é a única atualização que a Coreia do Norte está fazendo em sua companhia aérea. Em 2013, a Air Koryo parecia estar fazendo esforços para atualizar a sua imagem para o mundo exterior, mudando os uniformes dos comissários de bordo a partir do vermelho e branco para azul marinho com uma guarnição cravejada de branco.
As comissárias de bordo sorriem em roupas inteligentes nas fotos do Sr. Pan, com os cabelos pretos penteados para trás em coques.

A refeição em voo é caracterizado por arroz e frango, e salada de frutas como sobremesa. "A comida é melhor do que eu esperava", comentou o Sr. Pan.


Os coletes salva-vidas são armazenados sob os assentos do Ilyushin Il-18 para o caso de emergências. Os banheiros apresentam um jeitão de anos 1950.
"As aeromoças são educados e de fala mansa. Pelo que eu entendo, elas nunca deixam o avião para mudança de turno em Kuala Lumpur ", disse Pan depois de seu voo internacional.
Dentro do avião, o entretenimento é limitado a apenas um canal rodando novelas da Coreia do Norte e documentários, mas os assentos dobram para a frente proporcionando espaço extra para as pernas.
E apesar da Coreia do Norte ser conhecida como altamente secreta, o fotógrafo acredita que sua mais recente turnê mostre que as coisas estão se tornando mais abertas.
"É um enorme salto à frente em termos de flexibilização de regras. Todo mundo até mesmo tinha permissão para visitar as cabines de comando para tirar fotos", disse ele.



As instruções de segurança a bordo dos voos estão tanto em coreano como em Inglês.

Os banheiros no Tupolev Tu-204 estavam "limpos" e "não tinham mau cheiro". O Sr. Pan voou para Pyongyang novamente pela Air China em 13 de setembro.
A Coreia do Norte foi recentemente assolada por especulações depois que seu líder Kim Jong-Un, que geralmente é amplamente fotografado, não tinha sido visto desde o dia 03 de setembro.
Na terça-feira, o embaixador do regime comunista no Reino Unido, se tornou um dos primeiros a oferecer uma resposta direta às crescente perguntas sobre o seu paradeiro.
A falta de aparições públicas do líder de 32 anos levou à especulação de que ele esteja doente ou até mesmo que ele tenha sido deposto.
Mas ele está saudável - e "não há dúvida sobre isso", tem insistido um dos mais altos funcionários do país. Nas cinco semanas desde que Kim foi visto pela última vez na mídia estadual em um show, ele perdeu vários eventos de alto escalão que ele normalmente atende.
Um documentário oficial divulgado no mês passado, fez uma única referência ao "desconforto" do Sr. Kim e mostrou imagens de vídeo do mês de agosto em que ele aparece com excesso de peso e mancando.
No entanto, falando à BBC, o embaixador norte-coreano dedicou mais tempo a perguntas sobre as violações dos direitos humanos do que para o paradeiro do líder do país.




Fonte Fonte Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário