quinta-feira, 6 de novembro de 2014

A Psicodélica Mina Abandonada de Ecaterimburgo

Nas profundezas da cidade de Ecaterimburgo na Rússia, encontra-se a caverna mais colorida que alguém já pousou os olhos. As paredes desta mina de sal abandonada, são cobertas com padrões psicodélicos, causados pelas camadas naturais de carnalita, um mineral utilizado na produção de fertilizantes.

Quase sempre, a carnalita possui tonalidades do amarelo ao branco ou do rosa ao vermelho, mas às vezes, pode ser azul ou até mesmo totalmente incolor. Uma pequena parte das minas de carnalita permanecem em uso, mas a maioria das passagens estão agora fechadas, abandonadas e fora do alcance do público sem uma prévia autorização especial do governo.

As fotos a seguir foram tomadas pelo fotógrafo Mikhail Mishainik de 29 anos, que passou mais de 20 horas explorando o labirinto pouco iluminado e permaneceu durante à noite em pelo menos três ocasiões.

"As minas são enormes e se estendem por muitos quilômetros em largura e comprimento, um único túnel pode ter mais de quatro quilômetros de extensão. É difícil descrever como se sente estando tão longe nas profundezas, você perde a noção do tempo e o ar é muito seco, você sempre sente sede ", disse Mikhail Mishainik ao The Daily Mail.

"Existe a possibilidade de uma fuga de gás ocorrer a partir de produtos químicos, tais como o metano, sulfureto de hidrogênio, dióxido de carbono, assim como o risco de um desabamento," adicionou Mikhail. "O elemento perigo é parte da diversão e é um sentimento especial estar em um lugar que muito poucas pessoas viram." 








Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário