segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Curionautas Doodles #88

* Essa postagem trás os Doodles, que são as mini-postagens com curiosidades que publicamos na na nossa página no Facebook




Qual é a pior profissão do mundo? (Segundo os EUA)

Segundo um estudo realizado pelo portal de busca de trabalho norte-americano "Careercast", o trabalho de jornalista de meios escritos é a pior de todo mundo. A cada ano, este Site elabora um ranking de 200 profissões e analisa-as segundo cinco critérios: a exigência de esforço físico, as condições de trabalho, o salário, o stress e as perspetivas de emprego.

Assim, o posto de jornalista de papel foi o pior de todos, inclusive por debaixo das profissões de gari-lixeiro (160) ou lenhador (199). Os motivos são suas más condições e perspetivas trabalhistas nos EUA e que se trata da profissão de caráter intelectual pior tratada. Em contrapartida, entre as mais valorizadas encontram-se os trabalhos de engenheiro, biomédico, fonoaudiólogo, planificador financeiro e higienista dental.




Comer devagar pode ajudar a não engordar?

Sim. Segundo o professor Ian McDonald da Universidade de Nottingham (Inglaterra), o fato de comer rápido faz com que o estômago encha-se antes de que mande informação ao cérebro, de forma que pode acabar se vendo transbordado ante a falsa necessidade de saciar totalmente o apetite.

Normalmente o cérebro demora 20 minutos em sentir-se satisfeito, pelo qual, dedicar menos tempo pode fazer com que nos excedamos e comamos mais do que o necessário. Assim, é recomendável mastigar tranquilamente e demoradamente os alimentos, saboreando e desfrutando dos mesmos. Isto facilitará a posterior digestão e eliminará o estresse, evitando que ganhemos peso sem necessidade.




Quantas calorias são consumidas ao lamber um selo?

Segundo a informação nutricional prestada pelo Serviço Postal dos Estados Unidos no portal "DietFacts.com", lamber um selo norte-americano consumiria um décimo de caloria. No entanto, no caso dos selos britânicos, as calorias vêem-se aumentadas até as 5,9 por selo. Isso se deve a que as substâncias adesivas situadas em cada uma das estampas estão feitas de amido ou dextrina e de um álcool sintético cujo consumo implica a ingestão de calorias.



Nenhum comentário:

Postar um comentário