segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

As Pontes Vivas da Índia

Cherrapunji, Índia, é um dos locais mais úmidos do mundo. Localizada ao nordeste do país, aqui foi onde os Khasi, uma tribo proveniente do estado de Meghalaya, notaram pela primeira vez uma árvore com raízes suficientemente resistentes como para sustentar o seu peso assim poderem cruzar os rios.

Desde então, a cada vez que se vêem na necessidade de atravessar um dos muitos rios que se encontram na área, simplesmente plantam as árvores e utilizam-nas como pontes.
Para que as raízes das árvores cresçam na direção correta, são utilizados troncos que guiam-nas ao sentido adequado. Ao alcançar o outro lado do rio, permitem que toquem o chão até formar uma resistente ponte.

As pontes, que alguns alcançam uma longitude de até 30 metros, demoram de 10 a 15 anos em crescer e serem completamente funcionais. No entanto, são extremamente resistentes, capazes de suportar o peso de até 50 pessoas.

Devido ao fato de que essas pontes estão vivas, com o tempo, suas raízesficam mais resistentes. Algumas das pontes usadas diariamente pelos habitantes do povoado têm até 500 anos de antiguidade.






Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário