terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Descobrem o que Acabou com a Atmosfera Marciana


Um satélite da NASA obteve dados que indicam que Marte perdeu sua atmosfera de uma forma diferente ao que se acreditava até agora.

A força que destruiu a atmosfera do planeta vermelho procedia provavelmente do vento solar, o fluxo de partículas super-ionizadas das camadas superiores do sol, assinala o site oficial da NASA.

Anteriormente, os cientistas acreditavam que o vento solar não podia penetrar na ionosfera, que é a camada superior da atmosfera ionizada pelos raios solares. No entanto, os dados obtidos pelo satélite MAVEN demonstraram que esta teoria estava errada.

Dados do MAVEN demonstram que uma parte dos iôns do vento solar, perdem sua carga elétrica e se neutralizam, o que lhes permite penetrar na atmosfera. Ao chegar até as camadas mais baixas, as partículas recuperam a carga.

Cientistas da NASA supõem que o entendimento deste processo permitirá estabelecer a relação entre as camadas baixas, que formam o clima, e as camadas altas da atmosfera.

Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário