terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Exército Canadense Proíbe o Acesso ao Lago Winnipeg Após a Queda de um OVNI


Sempre pedem provas aos defensores do fenômeno OVNI, e a verdade é que conseguir evidências é muito complicado. Ao longo da história surgiram muitos relatórios sobre ovnis caídos, mas a maioria deles se baseiam em grande parte em provas circunstanciais, e não em provas físicas. Mas também é preciso reconhecer que em ocasiões, as evidências físicas são eliminadas, perdidas, ou roubadas. Eventos como o de Aurora, Texas, em 1897 ou o de Roswell de 1947 se converteram em exemplos de ocultação pelos governos. Ainda que possam ter sido nada mais que projetos secretos militares.

Acima, imagem ilustrativa.

Mas quando pensávamos que nada parecido poderia acontecer de novo, na noite de 18 de fevereiro de 2015, uma estranha luz foi avistada por numerosas testemunhas no céu da reserva de Jackhead, um misterioso objeto voador não identificado que parecia chocar sobre o gelo do lago Winnipeg no Canadá.

O novo Roswell do Canadá?

Quando a notícia se deu a conhecer nas redes sociais e meios de comunicação, numerosas pessoas afirmaram ter visto "uma luz brilhante no céu" caindo no lago Winnipeg. Pouco depois do incidente, começaram a ser publicadas fotografias onde se podia apreciar veículos militares, com soldados em motos de neve percorrendo a zona do incidente, o que causou um grande rebuliço entre os habitantes locais.

Vários residentes da zona  publicaram nas redes sociais que "uma nave em forma de disco se chocou contra o lago" e que ao menos uma pessoa, que havia conseguido evidências fotográficas, foi detida pelo exército canadense. Outras pessoas declararam que o exército tinha veículos militares na costa norte e que os militares estava ameaçando a todo aquele que tratasse de tomar fotografias.

O lago Winnipeg
Mas o mais surpreendente foi que dezenas de testemunhas presenciais, descreveram o misterioso objeto como "redondo" e que foi deslizando através do lago. 8 pescadores viram com seus próprios olhos a perigosa queda da nave. Brent Mancheese, um residente local, foi uma das pessoas que se atreveu a publicar em seu perfil do Facebook, tudo o que estava ocorrendo em tempo real.

"Acidente ovni sobre a reserva Jackhead em Manitoba, Canadá", publicou Mancheese em seu perfil do Facebook. "Ao que parece, o exército canadense tem veículos na costa norte. Estão ameaçando a qualquer um que tente tomar fotos...Há um monte de testemunhas presenciais. O misterioso objeto redondo se chocou no lago... 8 pescadores afirmaram que algo desceu do OVNI... Por que não deixam passar os meios de comunicação se simplesmente é o acidente de um avião?"

Veículos militares chegando ao local do acidente

Inclusive houve quem afirmou que o Facebook eliminou sua publicação, que informava sobre como os militares têm a reserva completamente isolada e não deixavam entrar nem sair ninguém, agregando que os meios de comunicação provavelmente não darão nenhum detalhe a respeito deste acontecimento ou simplesmente tratarão de desacreditá-lo.

Cortina de fumaça

E parece mesmo, já que a CBC do Canadá não demorou em informar que o acidente era devido a que as forças canadenses estavam na zona realizando "exercícios de treinamento", desacreditando por completo as declarações das pessoas que foram testemunhas do evento.

Deram credibilidade, no entanto, às declarações do tenente coronel Paul Davies, oficial no comando do 38 Territorial Battalion Group, ao afirmar que 150 efetivos militares estavam no lago Winnipeg para participar no Exercício Arctic Bison 2015, um programa de formação para fazer frente à emergências em ambientes hostis.

"Cerca de 150 soldados estão tomando parte no exercício Arctic Bison 2015, que inclui o 38 Canadian Brigade Group, o 2nd Battalion of the Princess Patricia's Canadian Light Infantry, o 4th Canadian Ranger Patrol Group, e o 440 Squadron of the Royal Canadian Air Force", disse o tenente coronel Paul Davies à CBC. "Não estamos cooperando com exércitos estrangeiros, apenas com nossa força aérea, que nos ajuda neste exercício."

O tenente coronel Davies assinalou que os soldados estavam aprendendo a fazer frente a um acidente de avião, e proporcionar busca por terra e apoio de resgate no Ártico. O suposto exercício também estava supervisionado pelo comandante da força aérea e afirmou que aquilo não era um OVNI, era um avião preparado para decolar a uma velocidade muito alta, embora ele não tenha estranhado que as pessoas tenham se confundido com tal aparelho.

Imagens publicadas no Facebook por residentes próximo ao lago Winnipeg
A CBC e os militares canadenses desacreditaram o novo incidente OVNI, no entanto, a realidade é que houve outros relatórios de acidentes de ovnis no passado onde os militares rapidamente chegaram à zona, blindando o lugar e não deixando que ninguém se aproximasse do local. Ficou patente que muitas pessoas já não encontram às versões oficiais, pela grande quantidade de explicações ridículas ou mentiras sobre acontecimentos parecidos.

OVNI?

Então é lógico que as pessoas tenham sua própria versão sobre o que ocorreu no lago Winnipeg após ver uma estranha luz no céu impactando contra o gelo. No entanto, há dados que não coincidem com a versão oferecida pela CBC ou pelo tenente coronel Paul Davies, como as dezenas de pessoas que viram uma estranha luz caindo e não subindo, no caso de que fosse um avião. Além disso, poderia se pensar que se um avião se choca no gelo, que é uma superfície extremamente dura, haveriam feridos. E ninguém fez menção a este detalhe.

Então, o que realmente aconteceu no lago Winnipeg? Um avião que simplesmente decolou em um lago congelado? Com forma de disco? Onde estão as fotos do objeto? E as centenas de testemunhas presenciais?

.
Fonte Fonte Fonte Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário