quinta-feira, 23 de abril de 2015

Parece Horrível, Mas Esta Cirurgia Milagrosa Permitiu que Ela Recuperasse Sua Vida

Em 1998, a mão de uma mulher foi destruída enquanto realizava trabalhos industriais, e os médicos -como têm estado fazendo durante centenas de anos- lhe amputaram os dedos. Mas em lugar de jogá-los em uma montanha de extremidades eliminadas como na época da Guerra Civil, costuraram os dedos no antebraço da mulher.

O protocolo cirúrgico de uma mão destruída nos dias atuais pode parecer horrível, mas faz sentido quando se pensa nisso (e não, não estavam tratando de criar uma mutante). Existe um método por trás dessa aparente loucura, e está fundamentado na ciência médica.

Durante oito meses, essa mulher viveu com três dos seus dedos enxertados no seu antebraço. A razão para fazerem isso, foi para que os seus dedos pudessem obter um fornecimento de sangue contínuo enquanto estavam reconstruindo o resto da sua mão.

Por que os médicos não enxertaram os seus dedos mais acima para que ela pudesse usar mangas curtas? (Não se preocupe, ao menos, os dedos não podiam ser movidos.)

Os dedos ficaram em seu braço enquanto a palma da mão foi reconstruída.

Após um procedimento bem-sucedido, os nervos do tornozelo foram transplantados à nova mão. Um polegar foi criado de um de seus dedos dos pés, e por último, os dedos enxertados foram transplantados do antebraço de volta a sua mão.

A cirurgia de 12 horas foi um sucesso.

Por causa dos casos de sucesso deste tipo, a preservação das partes do corpo a modo de enxerto temporário está se convertendo em um procedimento cirúrgico de rotina.

Quanto a esta mulher, ela notavelmente sarou. Após quase um ano de fisioterapia, alcançou a sua própria meta pessoal de voltar a cozinhar o almoço de domingo para sua família.

Fonte Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário