sexta-feira, 8 de maio de 2015

Encontram um Menino que Tentava Entrar na Europa Escondido em uma Mala


A Guarda Civil de Ceuta, Espanha, resgatou nesta quinta-feira um menor imigrante ilegal subsaariano de 8 anos, quando ia ser introduzido na Espanha no interior de uma mala de viagem e que foi detectado pelo scanner da alfândega.

Segundo informou a Guarda Civil em um comunicado, a intervenção aconteceu às 12:00 horas do dia 7 de maio de 2015, no serviço de controle e reconhecimento de pessoas e veículos que pretendem aceder a Ceuta procedentes do Marrocos pela alfândega terrestre de Tarajal.

Os agentes suspeitaram de uma mulher que portava uma mala, a qual solicitaram passar pelo scanner localizado nas dependências da Guarda Civil. Ali, observaram uma figura humana no interior da bagagem.

Desconfiados, os alfandegários decidiram passar a mala pelo scanner onde descobriram o menino de 8 anos.

Ao abrir imediatamente a mala, resgataram um menor de 8 anos, que chamou a atenção pelo estado em que se encontrava "e que poderia ter originado um final trágico", segundo o comunicado da Guarda Civil.

Pelo estado do menino, quase que o final foi trágico.

Ato seguido, a mulher que portava a mala foi detida, uma jovem marroquina de 19 anos e residente na localidade de Castillejos.

Uma marroquina de 19 anos era quem portava a mala. O pai do menino residente na Espanha, foi preso.

Às 13:30 horas os agentes que continuavam nos controles de acesso à cidade interceptaram um indivíduo da Costa do Marfim, com permissão de Residência nas Las Palmas de Gran Canaria, quem acabou reconhecendo que o menor que foi resgatado da mala era seu filho. O menor foi posto à disposição da Promotoria de Menores, e seu pai está preso.

Fonte Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário