quarta-feira, 6 de maio de 2015

Polícia Cria imagem de Jesus Quando Criança através do Sudário de Turim e Software Forense


Especialistas da Polícia Nacional da Itália, puderam determinar com o uso de um programa especial e uma imagem do Santo Sudário, o aspecto que teria Jesus de Nazaré com a idade de 12 anos.

A  Polícia Nacional Italiana conseguiu criar uma imagem revelando o aspecto que poderia ter tido Jesus quando adolescente, com a ajuda do Santo Sudário, a relíquia em que supostamente foi envolvido Jesus Cristo após a morte, informa o "The Independent".

Os oficiais utilizaram um programa que permite "envelhecer" os mafiosos procurados pelas autoridades, acrescentando rugas e outros sinais de idade. Precisamente com a ajuda desse software, a Polícia conseguiu criar com base em uma foto de 1959, a imagem do máximo dirigente da Cosa nostra siciliana, Bernardo Provenzano, e capturá-lo em 2006.

O Santo Sudário, conhecido também como Sudário de Turim, mostra a imagem de um homem que apresenta marcas e feridas similares às causadas por uma crucificação, o que faz com que alguns acreditem que a tela de linho pertenceu a Jesus. Desse modo, os especialistas italianos usaram o mecanismo do programa ao contrário para "rejuvenescer" a figura e determinar seu aspecto quando tinha cerca de 12 anos.

A Polícia Nacional usou o sudário de Turim e um processo de imagem reversa para criar uma foto de como seria Jesus com aparência de um jovem rapaz.



O resultado que brindou o programa mostra um Jesus com o cabelo mais loiro, olhos mais claros e um rosto "angelical". No entanto, muitos especialistas duvidam do método aplicado considerando-o pouco científico. Ao mesmo tempo, cabe destacar que tanto o Santo Sudário como a própria imagem que contém, provoca muitas controvérsias em torno de sua autenticidade entre profissionais.

Justamente uma investigação feita no mês passado por Matteo Borrini, professor de antropologia forense, agora na Universidade John Moores, em Liverpool, e Luigi Garlaschelli da Universidade de Pavia, que foi apresentado em uma reunião da Academia Americana de Ciências Forenses em Orlando, sugeriram que o Sudário é uma farsa.

A imagem do sudário, rejuvenescida até os 12 anos através de software forense.

Análises de manchas de sangue baseadas em experiências com um manequim para ver o caminho que o sangue teria percorrido a partir da feridas da crucificação e como elas teriam manchado o pano, apresentaram coloração notavelmente diferente das que figuram no Santo Sudário.

As manchas de sangue no pano não têm relação com a posição ou com o tipo de marcas causadas por uma crucificação, ou até mesmo as manchas de sangue causadas por um corpo ferido deitado no túmulo, disseram os pesquisadores.

Fonte Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário