quarta-feira, 17 de junho de 2015

O Mundo Selvagem da Subcultura Japonesa de Rebeldes Motoqueiros


Na década de 1970 o termo Bousouzoku* foi usado pela primeira vez para descrever gangues de motoqueiros japoneses que rotineiramente lutavam nas ruas contra gangues rivais e a polícia.

Muitas vezes, vestidos de modo semelhante a pilotos Kamikaze, os membros dessas gangues causavam estragos correndo em alta velocidade pelas ruas em suas motos modificados ilegalmente, atravessando faróis vermelhos e com bastões de beisebol, quebravam as janelas dos carros de qualquer motorista que ousasse desafiá-los. Os estrangeiros eram um alvo especialmente favorito da agressão dos Bousouzoku.

*Bousouzoku -  暴走族 -, literalmente, "Tribo dos que correm fora de controle em veículo" é uma subcultura japonesa de jovens associada à motocicletas personalizadas. NDT.

Motoqueiro Bousouzuku com moto e capacete ambos modificados ilegalmente.
Motoqueiros Bousouzuku, 1970.
Motoqueiro Bousouzoku, 1970.
Motoqueiro Bousouzuku com sua bicicleta e bastão de basebol, 1980.
A mais antiga encarnação de bousouzoku, o kaminari zoku ("Tribo do trovão"), apareceu na década de 1950. De modo parecido aos seus ídolos dos filmes, O Selvagem ou Juventude transviada, o grupo era formado por membros jovens e desencantados do proletariado do Japão e a gangue logo arranjou um cenário para os delinquentes emergentes chamarem de seu.

Um grupo ferozmente disciplinado e rebelde, o bousouzoku uma vez se gabou de ter mais de 40.000 membros. Em 2003 os números de membros dessas gangues havia diminuído para pouco mais de 7000.

Membros do grupo Harajuku Black Shadow, ex-bousouzoku, dançam no parque Yoyogi em Harajuku em 2008.
De acordo com relatos em primeira mão de ex-membros seniors, a versão moderna do bousouzoku (conhecida como Kyushakai) não incorporam o espírito rebelde de seus antecessores.

Na verdade, alguns retornaram para homenagear seus ídolos rockabilly*, ostentando topetes ("Riizento") elaborados como sinônimo de desobediência. Hoje em dia, realizam muitas paradas de ex-bousouzoku com suas motos em grupos não-desordeiros e desfrutam de dança, apresentação de bandas e a socialização de grupos em Harajuku, uma área conhecida por sua forma escandalosa.

*O rockabilly é um gênero de música proveniente do Sul dos Estados Unidos com elementos que misturam rock, blues, country e dança. No japão, acredito que o gênero tenha sofrido influências do rock inglês e japonês se tornando  uma mistura que se assemelha ao Punk com Rock'n Roll e é bastante apreciável para ouvidos brasileiros. NDT.

Membros do grupo Harajuku Black Shadow ostentam topetes exagerados, roupas de couro e suas motocicletas no parque Yoyogi em Harajuku em 2008.
Muitos fatores são os culpados pela morte do tradicional bosozuku. Kazuhiro Hazuki, um ex-líder da gangue "Narushino Specter" da década de 90 (e por um tempo foi agiota da Yakuza, a máfia japonesa), recorda que a polícia chegou a permitir que essas gangues andassem ao seu modo e não importando quantas vezes eles fossem presos, um membro de bousouzoku nunca tinha sua carteira de motorista revogada.

Ao longo dos anos, as leis de trânsito foram revisadas levando a um aumento na detenção e acusação de bousouzoku. Alguns também culpam a inclusão de mulheres como pilotos Bousouzoku, atualmente uma visão bastante comum no Japão, e devido ao fator dinheiro mesmo (muitas motos Bosozoku podem custar muito caro com toda a sua personalização.) causando um redução drástica nos números de gangues.

"Eu fiquei interessado neles porque eles eram punks e eram contra a sociedade." - Kazuhiro Hazuki, do grupo Narushino Specter.


Bousouzoku modernos.
Membro feminino de bousouzoku, uma visão bastante comum no Japão de hoje em dia.
Motoqueiros de hoje em dia chamados de "Kyushakai".
Se este post despertou o seu interesse na cultura japonesa de motos vintage, existem vários documentários e filmes baseados no bousouzoku e outras tribos no Japão, como o God Speed You! Black Emperor de 1976 (Vídeo em anexo) e o Sayonara Speed Tribes de 2012 um curta documentário que apresenta uma perspectiva histórica a partir do acima mencionado Kazuhiro Hazuki, ou a série de filmes do diretor Teruo Ishii com base no bousouzoku que começou em 1975 com, Detonation! Violent Riders.

Se você é um fã de animes japoneses, a história contada no filme cult Akira, faz uma alusão profunda ao mundo real do bousouzoku em seu auge. Nessas produções, aparecem muitas imagens de bousouzoku do passado e suas motocicletas.

Motoqueiro bousouzoku, início dos anos 1970.
Cartaz de "mais procurados" mostrando um membro da Black Emperor associado com um violento ataque no distrito de Roppongi, Tóquio.


Acima e abaixo, dois membros do moto clube black emperor.




Acima e abaixo, gangue de Bousouzoku no final dos anos 80, início dos anos 90.


Motoqueiro bousouzoku com uma moto "sol nascente", de 1980.
Motoqueiros bousouzoku na década de 1980




Abaixo, o documentário God Speed You! Black Emperor de Mitsuo Yanagimachi de 1976:
.
Bousouzoku no monte Fuji:
.
Fonte Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário