sexta-feira, 19 de junho de 2015

Ozzie - O Mistério do Gato Australiano Encontrado no Norte da Irlanda


Um gato australiano foi misteriosamente encontrado na Irlanda do Norte, provocando especulações sobre como ele fez a viagem de mais de 19 mil quilômetros (12.000 milhas).

O gato amarelo foi apanhado por ajudantes de proteção de gatos no Condado de Armagh na semana passada, (dia 15 de junho de 2015) quando os oficiais de bem-estar animal levaram-no ao veterinário para um exame de saúde e descobriram que ele tinha um micro-chip da Austrália.

Essa foi a incrível distância percorrida por Ozzie. Um mistério.

O enredo desta história é muito complicado pois o chip revelou que ele também já havia sido encontrado antes, virando latas do outro lado do mar da Irlanda em Londres. O centro deu agora ao gato, o novo nome de Ozzie, para refletir sua herança australiana.

Os dados no microchip indicam que o bichano nasceu em 1989, estando ele agora com 25 anos de idade, no entanto, a expectativa de vida dos gatos é de 12 a 15 anos.

Ozzie teria nascido em 1989, tendo 25 anos, mas a expectativa de vida de um gato é de 12 a 15 anos.  



A co-coordenadora da Cat Protection, Gillian McMullen, explicou ao jornal The Belfast Telegraph como surgiu o curioso caso:

"Eu respondi a uma chamada de um membro na segunda-feira à noite, quem estava preocupado com um pobre gato perdido que havia sido visto em torno de seu jardim por vários dias. Levei ele à clínica veterinária de Willow na estrada Mahon, Portadown, onde descobrimos que ele tinha um microchip e é aqui que começa o mistério."

O microchip indica que Ozzie havia sido encontrado antes em 2004, em Londres.

"O gato havia sido originalmente registrado com um microchip na Austrália. Então, em 2004, ele apareceu como um gato perdido em uma clínica veterinária de Londres, mas sem detalhes registrados no microchip." disse McMullen.

A Cat Protection está procurando os proprietários do Ozzie e tentando descobrir como ele conseguiu viajar meio mundo.

McMullen afirmou que ela cuidará de Ozzie enquanto as investigações estão ainda em andamento para apurar quem são seus verdadeiros donos.

"Estamos desesperados para desvendar o resto do passado deste bichano e esperamos reuni-lo com seus donos. Estamos em contato com o Registro Australiano de Animais e temos nossos dedos e patas cruzados, torcendo por uma palavra deles sobre este gato."

Fonte Fonte Fonte

3 comentários:

  1. Pobre desse gatinho!!! os seres humanos, não valem nada mesmo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é bem assim, os gatos adoram fugir, e as vezes ficam perdidos, uma nova família pode adotá-los e se mudar para longe, lá eles fogem e se perdem novamente. Ou o gato foge e voltaria para sua casa mais tarde, mas alguém o encontra antes e pensa que ele está perdido, daí o leva para um apartamento e pronto. Só quem tem gatos sabe, você tem que castrar e deixar tudo fechado, se tem uma fresta a mostra... pronto, o instinto noturno fala mais alto. Quanto sufoco o meu gato já me deu. Eu saia a noite com lanterna pelo bairro gritando o nome dele... era um sufoco, minha casa era muito aberta, e se você bobeava 1 segundo, já era. O bom é que ele sossegou depois que mudamos e tudo é bem fechado, agora ele acostumou com a casa e tem até medo da rua.
      O caso deste gato é um mistério, não dá para saber o que aconteceu, mas pessoas estão cuidando bem dele agora. Final feliz.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir