quinta-feira, 16 de julho de 2015

O Enigma do Ouro - Arqueólogos Desenterram 2000 Misteriosas Espirais de Ouro Na Dinamarca


Uma equipe de arqueólogos que trabalha em Boeslunde, Dinamarca, tropeçou recentemente com um mistério intrigante: quase 2.000 espirais douradas hermeticamente retorcidas que remonta à Idade do Bronze.

A descoberta de ouro em Boeslunde não é incomum, já que numerosos objetos de ouro foram descobertos na região nos últimos anos. Mas o propósito destas serpentinas têm confundido os arqueólogos que se referem ao achado como o "enigma de ouro ".

Espirais do ouro cercados por flocos de bétula.

As espirais são feitas de ouro extremamente puro que foi martelado em chpas estreitas e planas de apenas 0,1 milímetros de espessura. Algumas peças medem até 1,18 polegadas (2,99 cm) de comprimento e todas juntas pesam entre 200 a 300 gramas.

Espiral de ouro in situ.

Sua finalidade exata é uma incógnita, mas Flemming Kaul, um curador do Museu Nacional da Dinamarca, acredita que as serpentinas estejam provavelmente relacionadas a pessoas pré-históricas da Idade do Bronze, que eram conhecidos por oferecer ouro à potestades superiores como parte de rituais do sol.

Peças no Museu Vestsjælland.

"O sol foi um dos símbolos mais sagrados da Idade do Bronze e o ouro tinha uma magia especial", escreve Kaul. "Talvez o sacerdote-rei usava uma pulseira de ouro em seu pulso, e espirais de ouro em seu manto e seu chapéu, onde durante as cerimônias de rituais do astro rei, brilhavam como o sol." Sugere-se também que o ouro foi simplesmente enterrado como parte de um elaborado sacrifício.

Fonte Fonte

Um comentário:

  1. Quando se fura um metal com uma furadeira em baixa rotação, por exemplo, num torno, saem expirais identicas.Iguais dessa foto aqui http://thumbs.dreamstime.com/z/aparas-espirais-do-metal-do-torno-65571701.jpg

    ResponderExcluir