segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Os Cruzados Que Pereceram Sob O Gelo Russo


No final da década de 1230 o império mongol entrava a ferro e a fogo na Rússia, causando uma
grande mortandade e dominando à maioria dos territórios que conformavam a nação naquele tempo.

A República de Novgorod, estado autônomo naquele tempo, localizado entre o Báltico e os montes Urais, permaneceu independente porque, como a história demonstrou (Napoleão ou Hitler), é perigoso invadir a Rússia no inverno...

Alexander
Yaroslavich.
Tratando de aproveitar o caos e a desordem, a Igreja Católica pensou que era um bom momento para chamar à razão os ortodoxos espalhados pelas Repúblicas bálticas e na Rússia. A esta cruzada, liderada pelos Cavaleiros da Ordem Teutônica, se uniram suecos e dinamarqueses ainda que com outros fins menos religiosos: expandir seu território para o Leste.

O primeiro confronto entre Alexander Yaroslavich, à frente das tropas de Novgoro, e as tropas suecas aconteceu no rio Neva com a vitória de Aleksandr. Depois deste êxito, passou a ser conhecido como como Aleksandr Nevski (Alexandro de Neva).

Ainda faltava a cereja do bolo...A Ordem Teutônica. Em 5 de abril de 1242, o Lago Peipus ainda estava congelado mas já haviam partes onde a camada de gelo estava frágil. Sobre o lago, a espetacular figura dos cavaleiros com suas armaduras contrastava com as tropas de Aleksandr escassamente preparadas e equipadas.

Aleksandr procurou um lugar onde poder se defender do iminente ataque dos cruzados; estes atacaram de frente e destruíram rapidamente as suas defesas e quando tudo parecia perdido...Os cruzados haviam caído na armadilha. Foram atacados pelos flancos e ante o qual, decidiram sair daquela ratoeira para se reagrupar e voltar a atacar.

A Ordem Teutônica.
A fuga foi desordenada e os homens de Aleksandr empurraram os cruzados para à área onde o gelo não pôde suportar o peso dos cavaleiros com suas armaduras e cavalos...O gelo se partiu e os cruzados pereceram afogados ou congelados. Ante aquele desastre, os sobreviventes desistiram e se retiraram.

Fonte Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário