sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

O Mistério da "Garota Fantasma" Nas Fotos Tomadas Há 100 Anos


O Museu Regional de Krasnoyarsk na Rússia, está em busca da identidade da misteriosa garota que aparece em uma coleção com mais 20 fotografias.

As novas tecnologias permitiram fazer aproximações nas fotos amareladas e confirmar que é a mesma garota em todas as fotos.

Os investigadores estimam que as fotografias tenham sido tomadas entre 1906 e 1908.


Ela aparece nos locais mais marcantes da cidade, mas de uma forma discreta, chegando até a passar despercebida até agora.

As fotografias fazem parte de cartazes e postais da cidade de Krasnoyarsk há décadas. O denominador comum é a sua imagem, que aparece sempre com a mesma expressão facial e com roupa muito parecida.

Novas técnicas de zoom permitiram também chegar à conclusão de que a garota não usa sempre a mesma roupa nas fotos, já que há certos detalhes que mudam, mas o conjunto é basicamente muito semelhante.


O Museu Regional de Krasnoyarsk já deu o nome de "Phantom Girl" à coleção de fotografias e lançou agora uma busca por informações para descobrir quem é a misteriosa figura, mas existem poucas pistas além das imagens. 


A menina parece pertencer a uma família rica da Russia pré-BolchevistaEm algumas das fotografias foram encontradas as inicias "F.E.A.", que acredita-se pertencer ao fotógrafo.




A garota está sempre na mesma posição, nunca sorri e parece estar nas fotografias por acaso.


Algumas fotografias chegaram ao museu através da coleção privada de Nikolai Grigorovskiy, dono de uma livraria em Krasnoyarsk, antes da revolução comunista. O museu também recebeu alguns negativos, ainda em vidro, que pertenciam ao fotógrafo Ludwig Yulyevich Wonago, que até poderia ser o responsável pelas fotos se as iniciais F.E.A. correspondessem às encontradas em algumas fotografias.

Como a roupa usada nas fotografias sugere que a misteriosa garota provenha de uma família rica, e caso ela seja natural de Krosnyarsk, é possível que tenha conseguido escapar à revolução bolchevista de 1917. Os investigadores presumem que a garota possa ter fugido para outro país e que alguém pelo mundo conheça a sua história ou pelo menos o seu nome.

Fonte

Um comentário:

  1. ou filha do fotógrafo, que levava ela sempre junto e aproveitava pra ter ela como lembrança nas fotos.

    ResponderExcluir