quinta-feira, 7 de abril de 2016

Subiram o Preço do Picolé Após 25 Anos e Pediram Perdão


A companhia japonesa Akagi Nyugyou subiu o preço do seu picolé após 25 anos e todos os empregados pediram perdão com uma reverência.

O vídeo publicado no Youtube e que também foi emtido na televisão japonesa, mostra uma parte da planta da empresa de sorvetes Akagi Nyugyou com o seu presidente, Hideki Inoue, à frente olhando para a câmera e posteriormente pedindo perdão, com um gesto tipicamente japonês: Com uma reverência.

A Akagi Nyugyou se desculpou com os consumidores japoneses por aumentar o preço de um dos seus produtos, o icônico picolé Gari Gari Kun (que por sinal, não é lá muito saboroso na opinião deste que vos escreve, rusmea.com><), que antes custava  de 60 a 70 ienes (de 0,54 a 0,63 centavos de dólar) depois de não variar o custo do produto por um quarto de século.

Gari Gari Kun sabor soda.
A companhia justificou o aumento do preço do produto muito popular no Japão, comercializado com uma boa gama de sabores desde 1981, pelo aumento no custo da produção e o empacotamento do produto.

.
A subida no preço do popular Gari Gari Kun é simbólica no país asiático, onde o custo dos produtos varia raramente e que padeceu processos deflacionários nas últimas duas décadas.

A luta contra o estancamento dos preços é precisamente um dos principais desafios do atual Governo do primeiro ministro Shinzo Abe, que anunciou o objetivo inflacionário de cerca de 2 por cento para 2017.

Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário