domingo, 2 de abril de 2017

"O HOMEM ÁGUA" - ELE TEM MATADO A SEDE DE ANIMAIS SELVAGENS EM MEIO UMA SECA TERRÍVEL NA ÁFRICA.


Por muitos os lugares do mundo, as mudanças climáticas estão deixando vítimas.
Na África, uma grande seca está causando uma calamidade por todo o país do Quênia, assolando 2 milhões e 700 mil pessoas e ainda por cima, castigando a muitos e muitos animais selvagens.

É neste cenário que um queniano está fazendo a diferença, salvando animais da morte certa.

Todos os dias Patrick Kilonzo Mwalua percorre com um caminhão pipa, cerca de uma hora por uma estrada de terra na savana Africana, só para dar de beber aos animais.

Segundo o site Karapaia do Japão, ele está sendo chamado de "O homem água".

Desde o mês de junho de 2016 que não chove nem uma gota nos arredores e no Parque Nacional de West Tsavo.
Assim que todos os dias Patrick deixa a sua plantação de ervilhas, aluga um caminhão pipa e leva uma grande quantidade de água para os animais selvagens.

"A água é o bem mais precioso na face da terra. Não só para beber mas para lavar o corpo, remover lama e parasitas, irrigar plantações, sendo um bem inestimável."
E é justamente por essa fonte de vida transportada por Patrick, que os animais passaram aguardar ansiosamente pelo "homem água" todos os dias.
Patrick disse que "Ontem foram 500 cabeças de búfalos me aguardando. Parece que os animais sente o cheiro da água. Imediatamente eles se aproximam e bem ali do meu lado fazem de tudo para beber. Parecem muito contentes."


Your Website Title

.
.
Patrick nasceu e cresceu no Quênia, um país que depende da chuva, que quando não vem, o povo sofre e os animais que povoam a terra que tanto Patrick ama, morrem enfraquecidos pela falta d'água.
Ele disse que: "Se eu não der de beber, todos esses animais morreriam". E em uma tentativa de mudar, nem que seja um pouco essa realidade, Patrick começou esse trabalho voluntário de levar água aos que têm sede.
Trabalho voluntário nas horas vagas, já que Patrick cultiva ervilhas para viver. Essa sua segunda atividade, se tornou a fonte de sua preocupação, pois cada carga d'água de 10 mil e 200 litros, equivalem em dinheiro brasileiro a 788,79 reais. Quase mil reais por dia. Fora o aluguel do caminhão e combustível.
Mas os seus esforços começaram a ser reconhecidos e os visitantes do Parque, fundaram um GofoundMe pela internet para quem quiser ajudá-lo com dinheiro.
Ao que parece, a imagem de um homem tentando salvar os animais da sua terra, mexeu com o coração das pessoas.
Em pouquíssimo tempo foram arrecadados mais de 100 mil dólares e atualmente essa cifra arrecadada é de 270 mil dólares. Só para ajudar Patrick, a continuar matando a sede dos animais.
Em paralelo com trabalho de Patrick, foi iniciado um projeto de abastecimento de água em parceria com as escolas da região, valorizando a importância da vida selvagem.
Patrick disse que: "Eu rezo para que as crianças um dia tomem o meu lugar e protejam o tesouro que são os nossos animais quenianos."

Nenhum comentário:

Postar um comentário