segunda-feira, 15 de maio de 2017

A "CÁPSULA ESPACIAL" ABANDONADA EM OKLAHOMA

No final dos anos 50, em uma solitária estrada entre os pequenos povoados de Talala e Winganon de Oklahoma, EUA, um motorista de um caminhão betoneira de cimento que se dirigia à ponte em construção sobre o lago Oologah, sofreu um acidente de trânsito.

Na longa reta de 4 quilômetros, talvez por uma derrapada, o caminhão com a betoneira cheia de concreto saiu da estrada e acabou capotado na valeta.


O caminhão foi recuperado pela empresa construtora, mas a misturadora com o cimento já endurecido foi abandonada. 

Para comparação: Um caminhão betoneira da década de 1950.

Não valia nem como ferro-velho, seria um esforço inútil mover aquele pesado pedaço de metal e  concreto.



Com o passar dos anos, a betoneira se converteu em um alvo fácil para qualquer um com uma lata de spray de tinta, assim como também acabou se tornando um peculiar lugar para declarar o amor a alguém.


Após ter sido pintada completamente muitas vezes, em uma ocasião foi utilizada como memorial do 11 de setembro.


Mas em setembro de 2011, mais de cinquenta anos após aquele acidente, alguém decidiu transformar aquele ferro-velho em uma "cápsula abandonada" do programa espacial Apolo da NASA. 

Ou seja, uma espécie de réplica do veículo encarregado de transportar os astronautas até a órbita da Lua, mantê-los lá e trazê-los de volta à Terra mediante uma amerissagem controlada.

Módulo de comando e serviço em órbita lunar utilizado nas missões Apolo.
Era uma homenagem que alguns amigos fizeram para celebrar o quinto aniversário de casamento de um casal local.


E desde então, "a cápsula" se converteu em um ponto de referência e uma atração do Condado de Rogers, junto da baleia azul de Catoosa, a torre de perfuração dourada e o maior McDonald do mundo.





É tanta a fama deste peculiar "ferro-velho espacial" no meio do estado de Oklahoma, que possui até a sua própria pagina no facebook: Winganon Space Capsule.

Recentemente, o artista e ator Jack Millard criou uma "obra de arte" ao longo de uma estrada no Arizona, que causou espanto em muita gente que passava pelo local: Uma outra "cápsula espacial".

.
.
Ele usou o mesmo princípio, pegou uma betoneira velha e a estilizou para parecer um módulo espacial recém-chegado à terra.

Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário