quarta-feira, 10 de maio de 2017

ALFRED KUBIN

Alfred Kubin foi um ilustrador boêmio que se tornou uma figura importante dos movimentos simbolista e expressionista. 

Seus desenhos inventivos em preto e branco costumavam apresentar elementos fantásticos ou mórbidos, e representavam criaturas sobrenaturais e violência sexual. Nascido em 10 de abril de 1877 em Leitmeritz, Bohemia (agora República Tcheca), Kubin teve uma infância emocionalmente instável, tentando suicídio e sofrendo um colapso nervoso antes dos 20 anos.

Ao se mudar para Munique em 1899, foi apresentado às obras De Francisco de Goya e Max Klinger , tendo este último um impacto particularmente profundo sobre Kubin. El começou a produzir desenhos que mais pareciam ter saído dos piores pesadelos utilizando técnicas semelhantes aos do Sumi-ê japonês (墨絵).

Em pouco tempo se tornou afiliado ao grupo de artistas formado por emigrantes russos e alemães conhecido como Der Blaue Reiter ("O cavaleiro azul") que incluiu Wassily Kandinsky e Marianne Werefkin. 

Kubin talvez fosse mais conhecido por ilustrar as edições alemãs de livros de Edgar Allan Poe e Fyodor Dostoevsky. Durante a ascensão do nazismo na Alemanha, seu trabalho foi considerado degenerado; Ele se recluiu para a solidão e viveu em um castelo em Zwickledt, Alta Áustria. 

Ele foi premiado com o Prêmio Cidade de Viena de Artes Visuais em 1950, e morreu em sua casa em 20 de agosto de 1959.




Fonte

Um comentário: