domingo, 14 de maio de 2017

ARTISTA DIZ TER PERDIDO SUA VIRGINDADE COM UMA EXTRATERRESTRE E AGORA ELE PINTA SOBRE ISSO



David Huggins tem 72 anos. Ele vive em Hoboken, uma cidade em New Jersey, EUA, com sua esposa e filho e trabalha em uma delicatessen. Em seus primeiros anos, foi treinado como pintor na Art Students League de Nova Iorque. Em algum momento, durante sua "vida perfeitamente normal" ele "começou a lembrar das coisas".

As lembranças suprimidas de Huggins foram ficando muito detalhadas. Ele se lembra de ter sido sequestrado por extraterrestres em numerosas ocasiões, ainda que "sequestrado" possa não ser a palavra certa, já que as experiências de Huggins foram em grande parte, prazerosas, e ele se encontra bastante satisfeito em ajudar os alienígenas da maneira que desejarem.

Ele diz que perdeu a virgindade com uma "híbrida alienígena" chamada Crescent quando tinha dezessete anos. Huggins afirma que eles tiveram "mais de cinquenta crianças híbridas-alienígenas" juntos.

O artista e sua obra (Vide fonte)
Huggins tentou assistir às reuniões de pessoas abduzidas, mas não gostou, eram muito deprimentes. Suas experiências, segundo ele, não eram nada disso. Então ele se voltou para a sua arte como uma expressão de suas memórias vivas.

Crescent é de longe, o mais importante alienígena nas narrativas de Huggins. Ele conta que estava caminhando através de uma floresta na Geórgia rumo a um lago. Ele a viu sentada ao lado de uma árvore.



Crescent tinha uma aparência humana perfeitamente normal, exceto por sua cabeça. Seu rosto pálido e pontudo tinha grandes olhos negros e ela usava uma peruca. Ambos se despiram e logo ele perdeu a virgindade.

De seus filhos, Huggins deu o seguinte relato:

"Eu fui levado para um quarto e estava repleto de bebês e precisei tocar em todos. O toque humano era realmente importante. A primeira vez que toquei em um dos bebês, a eletricidade estática saltou da minha mão para o bebê. 

Isso aconteceu exatamente antes de eu tocá-lo e eu puxei para trás e disse para o ser-inseto "Uau, você viu isso?" Então eu estendi a mão e toquei o bebê. 

Eu acordei na manhã seguinte extenuado, totalmente exausto e dormi o dia todo. Mas naquela noite em que o ser-tipo-inseto me levou até essa porta; Nós estamos em frente dessa porta e há essa luz brilhante. 

Era como se estivesse vindo à tona para fora da porta - tinha forma. O Ser-inseto disse que eu tinha que ir pra dentro do quarto com a luz, então eu fui pra dentro e foi simplesmente incrível. 

A luz estava passando por mim. Eu fiquei lá por alguns minutos."

Felizmente para nós, Huggins tem aproveitado seu talento artístico para registrar suas memórias, sejam eventos reais ou imaginários.


Em 2009 Farah Yurdozu publicou um livro de mesa de centro sobre Huggins sob o título Love in an Alien Purgatory que reproduziu muitas de suas pinturas - O livro está disponível no site Amazon por um preço razoável.

Huggins é o tema de um próximo documentário de Brad Abrahams chamado Love and Saucers.

Primeiro Encontro
Nosso Filho
Energy Therapy


Aqui o trailer para o documentário:
.
.
.
Fonte Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário