segunda-feira, 1 de maio de 2017

HOMEM NO PAQUISTÃO AFIRMA SE ALIMENTAR SÓ DE GALHOS E FOLHAS HÁ 25 ANOS


Que a comida é fundamental para viver, é uma constatação óbvia. Enquanto existem pessoas afirmando que podem viver sem alimento algum (algumas com mais credibilidade do que outras, veja no Mdig o caso do indiano que diz não comer há 7 décadas) o assunto segue sendo polêmico porque violaria todas as leis que conhecemos da biologia.

Mas uma coisa é não comer nada e outra é se alimentar de coisas que não ofereçam suficientes nutrientes. O exemplo mais conhecido é o capim: Apesar de que muitos animais o consomem, seres humanos não são capazes de digeri-lo e a celulose que contém (de onde em teoria poderíamos extrair energia) não nos contribui em basicamente nada. Com a lignina da madeira acontece exatamente o mesmo.

Em ambos casos se tratam de substâncias muito complexas e difíceis de processar. Salvo por algumas poucas exceções, os animais se vêem obrigados a realizar complexas associações com bactérias, as únicas capazes de digerir tai moléculas.

E nem é preciso dizer que humanos não têm associações com esse tipo de bactéria. Ou têm?

Mehmood Butt
Mehmood Butt

O homem que afirma poder viver unicamente de folhas e galhos se chama Mehmood Butt, de 50 anos, originário do distrito de Gujranwala, na província de Punjab, Paquistão. Segundo relata, tudo começou há 25 anos quando começou a sobreviver de folhas, porque não tinha trabalho e não podia pagar por uma refeição básica.

Sozinho e desesperado, decidiu ir até a floresta para comer folhas e galhos a ver se podia acalmar um pouco sua fome. Mas para sua surpresa, percebeu que não só parecia imune a qualquer efeito negativo por sua nova dieta, mas que realmente estava saboreando a sua nova comida.

Mehmood Butt afirma comer só folhas e galhos desde os 25 anos.

Com o tempo pôde conseguir um emprego e novamente comprar comida normal. Mas aqui vem o mais curioso: ele teria percebido que não era mais capaz de deixar sua dieta de folhas e madeira. Aquilo havia se tornado uma espécie de vício.

O assunto é relativamente novo e não há nada que explique essa peculiaridade. Muitos consideram que o homem mente, ainda que seus familiares e vizinhos afirmem que viram ele comer somente folhas por anos e permanentemente devora folhas diante das câmeras.


Opção2
.
Além de poder comer sem adoecer, no qual é estranho, mas compreensível, o mistério é de onde obtém os nutrientes. Ou o homem está mentindo (que poderia ser verificado com uma simples exame coprológico), ou a criatura tem alguma estranha mutação, ou ainda, existe algo que não sabemos.

Tomara que algum acadêmico indiano ou paquistanês, decida pôr um pouco de atenção neste assunto e nos traga novidades sobre este estranho caso.

Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário