terça-feira, 16 de maio de 2017

O COQUETEL MEXICANO QUE INCLUI O VENENO DE UMA CRIATURA HORRÍVEL


.
.
A beberagem O coquetel se chama Aragog em honra à aranha gigante de Harry Potter. Foi criado pelo mixólogo* Romeo Palomares, da Taberna Luciferina da Cidade do México, e se trata de um coquetel que combina elementos mexicanos com sul-americanos além de um ingrediente insólito...

Palomares revelou aos meios, os ingredientes de sua mistura: xarope de manga, mescal mexicano, pisco chileno, cachaça brasileira, um toque de limão e uma dose de 0.05% de veneno de tarântula para cada meio litro da bebida.

O coquetel leva uma minúscula dose de veneno de tarântula.

Seus efeitos são só para os corajosos: adormece ligeiramente a língua, depois prevalece uma espécie de choque na garganta e na boca, para dar passagem à cócegas nos lábios e acompanhado de peso nas pálpebras.

.
.
O mixólogo mexicano revelou que em uma noite, o bar pode vender cerca de 200 coquetéis Aragog, ainda que advertiu que em doses não controladas, o veneno de tarântula pode ser fatal.

Fonte *Mixólogo

Nenhum comentário:

Postar um comentário