domingo, 16 de julho de 2017

MÉDICOS ENCONTRAM 27 LENTES DE CONTATO QUE UMA MULHER ESQUECEU EM SEU OLHO

Uma equipe de cirurgiões encontrou no olho de uma paciente, a maior quantidade de lentes de contato de suas vidas, quando se preparavam para levar a cabo uma intervenção de rotina.

Um caso único na oftalmologia foi registrado em novembro do ano passado no Reino Unido, quando os médicos preparavam uma mulher de 67 anos para uma cirurgia de catarata.

Na hora de aplicar a anestesia os cirurgiões notaram uma "massa azul" em um dos olhos da paciente que resultou ser 17 lentes de contato. Depois de uma posterior inspeção, para seu assombro, descobriram mais 10 lentes de contato.

A paciente não havia se dado conta da presença e atribuiu um certo incômodo à síndrome do olho seco e a sua avançada idade. Na história de sua prática profissional, a equipe de cirurgiões - que incluía um oftalmólogo com mais de 20 anos de experiência - jamais havia visto algo parecido.

Os médicos decidiram fazer público o caso, porque antes não acreditavam que fosse possível reter tantas lentes de contato sem perceber uma significativa irritação. O estudo foi publicado no The British Medical Journal no começo de julho deste ano.

"Nos surpreendeu muito que a paciente não tenha percebido porque isto deve ter causado muita irritação enquanto estava lá", comentou a oftalmóloga Rupal Morjaria, uma das autoras do estudo.

Depois do inusual achado, a intervenção cirúrgica foi adiada devido ao elevado risco da paciente contrair endoftalmite.

A mulher havia utilizado lentes de contato descartáveis ao longo de 35 anos, mas não ia à consultas regulares com oftalmólogos e não reportou nenhum sintoma que pudesse referenciar às lentes de contato "esquecidas" durante a revisão prévia à operação.

"Ela ficou bastante desconcertada. Quando a inspecionaram duas semanas após retirarem as lentes de contato, a paciente afirmou que seus olhos estavam bem mais cômodos" disse Morjana. A médica enfatizou que o uso das lentes de contato sem o devido cuidado, podem causar "graves infecções que podem conduzir à perda da visão."

Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário