sábado, 16 de dezembro de 2017

DÊ-ME TUA DIGITAL E TE DIREI SE USAS COCAÍNA


Um grupo de cientistas da Universidade de Surrey, Inglaterra, desenvolveu um teste que permite descobrir em apenas 4 minutos se uma pessoa usou cocaína, ainda que já trabalhem para obter o resultado do teste em 30 segundos.

Se trata do primeiro estudo em grande escala dos consumidores de cocaína e presume um avanço na forma em que as substâncias de Classe A (Class A, ou seja, drogas pesadas) são detectadas.

Os pesquisadores da Universidade de Surrey, junto do Instituto Forense da Holanda, se uniram por um método conhecido como "espectrometria de massa" no qual, ajuda a detectar o uso de entorpecentes graças à impressão digital sobre papel cromatográfico, que permite separar substâncias contidas na digital e poder identificar posteriormente com reagentes químicos.


Quando uma pessoa usou cocaína, sua impressão digital retém alguns indicadores químicos chaves, como são a benzoilecgonina e a metilecgonina, e que são reconhecíveis inclusive depois de ter lavado as mãos.

No estudo foram usadas 239 amostras de impressões digitais e a equipe teve um sucesso de 99% na identificação de consumo de cocaína e apenas um 2'5 % de taxa de falsos positivos. Apesar de que atualmente demoram cerca de 4 minutos para descobrir a presença de cocaína, acredita-se que em pouco tempo poderão reduzir o tempo para 30 segundos, um projeto em que já estão trabalhando.

O exame é considerado bom, já que é higiênico, não invasivo e não pode ser falsificado. Uma tecnologia que a polícia poderia pôr em prática em apenas uma década.
.
..
.
Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário