terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

AS CAPAS DA REVISTA "LUCHA LIBRE" DA DÉCADA DE 1970

É fato que eu sei quase nada sobre a cultura mexicana da "Lucha Libre" (Luta Livre em português). Mas também é fato que os figurinos, as máscaras coloridas e o estilo único, me enchem os olhos, ao mesmo tempo que sinto saudades das lutas livres brasileiras televisionadas pela Bandeirantes.

A revista "Luta Livre" foi lançada ao mercado em 1952, mas desapareceu para renascer em 1963, ambas épocas com o mesmo grupo de fundadores.

Héctor e José Luis Valero foram fundadores em ambas etapas da revista com Valente Pérez como dono e quem tinha uma grande habilidade para criar personagens e impulsionar lutadores como Mil Mascaras, Canek,T, Chicano Power, Sangre Fría, As Charro, Gallo Tapado, Juan sin miedo, TNT, Babe Face e muitos outros mais.

A revista foi publicada até o ano de 1986, quando, segundo fonte, teve sua tiragem definitivamente encerrada por conta da concorrência.






















Nenhum comentário:

Postar um comentário