quarta-feira, 4 de abril de 2018

GRAVE DOLLS - BONECAS DE SEPULTURA


Ainda na era Vitoriana  (1837 - 1901), quando uma criança morria, se uma família pudesse pagar, se poderia ter uma boneca de cera realista criada a sua imagem e semelhança.

Vestida com roupas de criança, e por vezes adornada com mechas do cabelo da criança morta, essa efígie mortuária, geralmente mostrava a criança dormindo pacificamente.

Tais bonecas de cera eram preparados para o velório e funeral, sendo exibido para os presentes perto do corpo da criança. Em ocasiões, essa efígie era encorpada com areia, gerando peso para dar mais realismo e cuja costas eram plainas que pudesse ser deitada em um pequeno caixão.

Boneca de sepultura feita de cera do ano de 1860.
O cabelo da boneca teria sido retirado do corpo da falecida.


Ainda, bonecas de cera de crianças mais velhas, podiam consistir apenas de uma cabeça e ombros cuja parte de trás da cabeça, era achatada para que pudesse ficar estável no ataúde.

Depois do funeral, essa boneca de cera era deixada no túmulo da criança ou mantida em casa, em ocasiões, em uma urna de vidro. Muitas vezes cuidada como uma criança de verdade, essa boneca de luto podia ser colocada em uma cama ou berço e ter suas roupas trocadas regularmente.



Tradução e adaptação Rusmea & Mateus Fornazari

Fonte

Um comentário:

  1. Caramba, é muito estranho pensar nessa proximidade que os antigos tinham com a morte. Mas eles com certeza estranhariam nossa distância e tabu em relação a isso.

    ResponderExcluir